Nos últimos meses sentimos que muitos já retornaram às atividades normais; independentemente da adoção das medidas essenciais: uso de máscaras e evitar aglomerações. Por outro lado, alguns segmentos já estão funcionando com celeridade, como os de cirurgias; varejo em geral e outras atividades; tanto no comércio mais restrito como no âmbito de serviços. Mas o que vimos também fora um crescimento do consumo do álcool; sobressaindo-se o de cervejas que já havia registrado um aumento superior a 5% de 2019 para 2020. Porém, constituem-se em aspectos que não amparam o verdadeiro desenvolvimento de que necessita a Nação. Contudo, nossa economia vai muito melhor: foram criados 280 mil novos empregos até maio; enquanto o segmento de serviços batera seu recorde com o surgimento de 110 mil novos empregos conforme CAGED; gerando uma arrecadação de R$ 142 bilhões o que representa uma alta de 70% entre 2019 e 2020. No Amazonas deve ser registrado que os empregos formais apresentaram um saldo positivo de 3.843, também conforme o CAGED. Com certeza para o Ministro Paulo Guedes a “pandemia” é aspecto já superado; sendo mais uma resposta de quem trabalha. E, não se esqueçam de que Paulo Guedes fora eleito o melhor Ministro da Fazenda do mundo em 2019.

Outrossim, o Presidente da CEF acaba de informar que “esta entidade tivera mais lucros em um ano do que nos 16 anos de FHC e Lula”. Diante de boas notícias a Bolsa recebera R$ 48 bi de capital estrangeiro, sendo o melhor resultado que obtivera desde o Plano Real. Isto se deve, conforme analistas, ao resultado que o PIB vem apresentando desde o início do ano; bem como a alta dos juros e a valorização nos preços das commodities. Por isso, a verdade sempre virá à tona e os brasileiros a conhecerão, independente de os fatos serem omitidos pela mídia comunista que deseja o Poder a qualquer custo. Neste sentido, omitem da população que “o Brasil é o terceiro país do mundo que mais vacinara contra o COVID-19” e que há uma semana o número de mortes por dia já diminuíra mais de 30%. Para quem deseja a destruição; queima ou ignora nossa bandeira, omite a verdade e tenta enganar a população com a veiculação de matérias sem fundamento: só podemos dar-lhes o desprezo.

Por outro lado, vergonhosa a vã tentativa dos derrotados nas urnas de tentarem valorizar supostos atos de protesto contra Bolsonaro ocorrido em algumas capitais, onde tivemos “gatos pingados” que nem sabiam o motivo de lá estarem e no meio deles os vândalos que destruíram agência bancária na Av. Paulista; enquanto em Manaus não tivemos nem 500 iludidos que se prestaram a essa enganação. Nunca se imaginara que um dia parte da mídia se prestaria para contrariar as fotos publicadas e criar matéria de conteúdo imaginário e repugnante ao cidadão de bem. Como fruto de manifestações idiotizadas onde não faltara selvageria vimos o mal se destruir por si mesmo, levando a polícia a agir, o que nunca ocorrera nas manifestações “pró-Bolsonaro”. E, vir alegar que violência fora ato pontual é de um mau-caratismo abominável. Não fora a primeira vez e nem será a última. O pior cego é aquele que não quer ver. Não sejam cínicos, até porque a banalidade você perdoa, mas a eiva do dolo NÃO. 

Na verdade, a chamada “esquerda”, sempre arrogante ao não ter feito o “mea culpa”, tenta agora se aproximar das religiões numa atitude oportunista como se o povo ainda não tivesse acordado. LULA sempre dissera que “nem Jesus Cristo o impediria de vencer as eleições de 2018” e agora de forma torpe pretende receber os votos de católicos, evangélicos, protestantes, judeus…Nem na próxima geração porque nesta preservamos a família como célula mater.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email