11 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

SENAI/SESI de Inovação seleciona duas empresas amazonenses

xxxxx

As empresas Pronatus do Amazonas e Amazon Biocare foram selecionadas e vão receber R$ 10 milhões cada para desenvolver seus respectivos projetos no Edital SENAI SESI de Inovação. O resultado do primeiro ciclo de avaliações do Edital foi anunciado nesta terça-feira (15) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Ao todo, 31 projetos de empresas de todos os portes, de 14 Estados, foram escolhidos. Iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Serviço Social da Indústria (SESI), o Edital funciona por meio de ciclos contínuos de inscrição. Assim, as empresas ainda têm oportunidade de submeter propostas até 7 de dezembro.
O projeto aprovado da Pronatus é para desenvolver um sensor eletrônico que identifique o padrão químico do óleo de copaíba, uma das principais apostas da medicina fitoterápica. Já o projeto da Amazon Biocare é o desenvolvimento de um gel, já denominado Varigex, com extratos amazônicos nanoencapsulados, para combater microvarizes.
Nesta primeira fase da chamada, o Edital recebeu 344 inscrições. Além dos dois amazonenses, os projetos serão desenvolvidos no Paraná (5), em Minas Gerais (5), em Mato Grosso do Sul (3), em Pernambuco (3), em Santa Catarina (3), em Goiás (2), no Pará (2), no Rio de Janeiro (1), no Maranhão (1), na Bahia (1), no Rio Grande do Norte (1), no Rio Grande do Sul (1) e em São Paulo (1). A maioria veio de startups (15), seguidos dos de empresas de pequeno (8), grande (7) e médio portes (1).
Nesta edição, o Edital disponibilizou R$ 40 milhões para o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços que visem ao aumento da produtividade e competitividade das empresas brasileiras. O valor é 31,14% superior ao do ano passado. Os projetos devem ser desenvolvidos em parceria com o SENAI ou com o SESI e as inscrições devem ser feitas na página do Edital na internet: www.editaldeinovacao.com.br.
Empresas de qualquer porte podem inscrever projetos em três categorias: Inovação Tecnológica (Categoria A), para projetos realizados em parceria com o SENAI, orçados em até R$ 400 mil; Startups Inovadoras (Categoria B), para projetos de startups de base tecnológica, realizados em parceria com o SENAI e orçados em até R$ 150 mil; e, na Categoria C, soluções de saúde e segurança no trabalho (SST) e qualidade de vida, projetos realizados em parceria com o SESI e orçados em até R400 mil.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email