11 de abril de 2021

Senai/AM forma nova turma de calderaria

O Senai/AM (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Amazonas) formou mais uma turma de caldeireiros no Estado

O Senai/AM (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Amazonas) formou mais uma turma de caldeireiros no Estado. Amanhã, o Cequal (Centro de Exames e Qualificação) entrega certificados aos 12 trabalhadores aprovados nos exames de conhecimento e habilidades de caldeireiro de manutenção nível 1 e de caldeireiro montador.
A formatura será realizada, a partir das 19h, no Sintracomec (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e Montagem do Estado do Amazonas), localizado na Rua São Raimundo, 203, bairro Santo Antônio, zona oeste.
Fruto de parceria entre o Senai/AM e o Sintracomec, a certificação é um meio de promover a melhoria contínua da formação profissional dos associados do sindicato.
Para o diretor regional do Senai/AM, Aldemurpe Barros, a certificação, oferecida pela instituição em parceria com a Petrobras e Abraman (Associação Brasileira de Manutenção), torna o trabalhador mais competitivo e valorizado no mercado de trabalho.
“É importante para o reconhecimento daquele profissional que não teve oportunidade de realizar curso de qualificação ou técnico. Com a certificação, esse trabalhador comprova conhecimentos adquiridos na prática da função, além de elevar perspectiva de ascensão dentro da empresa”, declarou o diretor.
A parceria entre Senai e Sintracomec reduziu o valor tabelado da certificação, de R$ 950 para R$ 655, para grupo de 30 sócios da Abraman. O sindicato contribuiu com R$ 300 para cada caldeireiro e o restante do investimento foi pago pelo próprio trabalhador. A certificação é emitida pela Abraman, com validade para 48 meses.
O coordenador do Cequal e instrutor do Senai, Luiz Pinto, explicou que apenas 30% dos candidatos garantem a aprovação no 1º exame de certificação, por ser avaliação séria que tem a responsabilidade de atestar amplo domínio do profissional nos processos inerentes à área de caldeiraria.
Segundo Pinto, o Cequal é administrado por equipe do Senai/AM formada por um coordenador, pedagoga, examinador e administrativo. O grupo segue a meta de ampliar o PNQC (Programa Nacional de Qualificação e Certificação Pessoal), destinado à formação de mão-de-obra para a indústria regional e brasileira.

Unidade móvel

O Cequal de caldeiraria é uma unidade móvel do Senai, em parceria com a Petrobras e a Abraman, inaugurado em maio de 2008. O investimento para implantar a unidade foi superior a R$ 400 mil, rateados entre Petrobras e Senai.
Segundo o coordenador do Cequal e instrutor do Senai/AM, Luiz Pinto, a unidade certificadora promove a melhoria da qualidade dos serviços de manutenção, produtividade e segurança nas atividades de caldeiraria, segmento que envolve grande risco de acidentes.
O Senai/AM tem projeto para implantar mais dois Centros de Exames de Qualificação, desta vez nas áreas de elétrica e mecânica. Aldemurpe Barros contou que espera iniciar no primeiro semestre de 2010 os novos serviços, que contarão com  investimento de cerca de R$ 300 mil de empresas parceiras.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email