Senadores tucanos “forçam” saída de Arthur

Os pronunciamentos de duas das principais lideranças do PSDB na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, hoje, são recados claros ao prefeito de Manaus, Arthur Neto. O líder da legenda, Álvaro Dias (PR), e o paulista Aloysio Nunes Ferreira atacaram frontalmente a Zona Franca de Manaus durante a discussão do relatório apresentado pelo mato-grossense Delcídio Amaral (PT) ao projeto de resolução que define as alíquotas do ICMS para transações interestaduais. Há um mês, Arthur falou, pela primeira vez em 20 anos, que poderia deixar o partido por causa da postura adotada pelos correligionários. Na semana passada, ele compareceu à solenidade promovida pelo governador Omar Aziz, em que o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, declarou apoio às reivindicações do Amazonas em relação à prorrogação e manutenção da alíquota praticada para produtos produzidos em Manaus.

DEFESA

Os senadores Eduardo Braga (PMDB) e Vanessa Grazziotin (PCdoB) assumiram a defesa do modelo na mesma reunião. Colegas dos Estados vizinhos aprovaram emenda garantindo prerrogativas para as Zonas de Processamento de Exportações e o próprio relator tratou a Zona Franca como “um projeto nacional”, lembrando de sua importância para a preservação ambiental na região mais nevrálgica do planeta. A votação está prevista para hoje, às 10h30 (horário local).

NA MARRA

Quando era senador, Arthur teve que enfrentar algumas vezes o lobby paulista e os próprios correligionários. Por vezes conseguiu, na marra, fazer passar matérias de interesse da Zona Franca, brecando a pauta e usando sua condição de líder da oposição. Sem ele, o PSDB parece ter se sentido livre para externar sua posição claramente contrária à manutenção do modelo de desenvolvimento. Resta saber o posicionamento que ele vai adotar agora.

MONTANDO TIME

O vice-governador José Melo (PMDB) passou parte da semana passada em Brasília articulando sua adesão a um novo partido. Em Manaus, seus assessores montam a equipe que deve trabalhar em sua campanha de reeleição. Sim, ele conta com a saída de Omar Aziz em março para assumir o governo e daí deslanchar a campanha por mais um mandato. Uma coisa Melo sabe que não terá: o apoio de sua atual legenda, o PMDB. Este apoio da legenda já está garantido pela direção nacional a Eduardo Braga.

HACKERS

Portais de notícias, blogs e sites de informação estão sendo vítimas de poderosos ataques de hackers nos últimos dias em Manaus. Não se enxerga neles qualquer motivação política, já que a ação dos bandidos virtuais não respeita qualquer bandeira ou tendência. Ontem, o atentado mais violento vitimou o D24am, que pertence ao jornal Diário do Amazonas.

DISPENSADOS

Jornalistas, cinegrafistas, editores de imagem e auxiliares da TV Local AM, emissora que ocupa o canal 39 de sinal aberto em Manaus, foram dispensados e orientados a esperar em casa uma definição sobre o funcionamento da empresa. Mais de 30 profissionais estão nessa situação. Permanece trabalhando apenas uma pequena equipe, que faz a manutenção dos equipamentos.

SEM PISTAS

Apesar da gorda recompensa (R$ 50 mil em Manaus e R$ 100 mil em Itaituba, no Pará), a polícia ainda não conseguiu informações convincentes sobre o paradeiro da quadrilha que roubou o carregamento de ouro da empresa Ouro Minas, que desembarcou na semana passada no Aeroclube. A ação, ao que tudo indica, foi muito bem planejada, com a participação de gente que conhecia a rotina da firma.

PESQUISA

A pesquisa realizada pela Federação do Comércio com turistas que visitam o Estado constatou que eles reclamam muito da infraestrutura local. Apesar disso, a Amazonastur vai continuar divulgando o destino, sem que providências sejam tomadas para amenizar o problema. Uma equipe do órgão está na World Travel Market (WTM), evento realizado há 33 anos em Londres, na Inglaterra, que este ano vem, pela primeira vez, à América Latina. A feira começou ontem e vai até amanhã, no Transamerica Expo Center, em São Paulo.

ABACAXI

O governador que assumir o Estado em 2015 vai receber de presente uma dívida de R$ 700 milhões, que poderá ser paga em 15 anos. Foi o que o Tribunal de Justiça decidiu depois de reunião conciliatória entre a Procuradoria do Estado e a construtora Andrade Gutierrez, que reclama o valor a título de juros, em função do atraso no pagamento de faturas referentes à construção de um trecho da avenida Manaus Moderna – aquele que vai do Mercado Adolpho Lisboa ao Makro. O problema é que há muita suspeita sobre o processo, principalmente no que diz respeito aos cálculos feitos pela Contadoria do TJ.

REAJUSTES

A maioria das categorias que compõem o funcionalismo estadual receberá reajuste salarial muito semelhante no final deste mês –algo em torno de 6,7%. Os professores já avisaram que querem mais, mas dificilmente conseguirão. O governo já fechou os cálculos e não pretende subir o percentual. Se houver barulho, entretanto, será moderado. A maioria das entidades que representam estes profissionais é controlada por partidos que fazem parte da base de apoio.

EXPORTAÇÃO

Olheiros que atuam em Manaus estão levando cada vez mais garotos “descobertos” nos campos de pelada da cidade para testes em grandes clubes do futebol brasileiro. Atlético Mineiro, Vasco e Fluminense são os mais visados, porque oferecem melhores condições, inclusive de hospedagem, aos pretendentes a craques.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email