Semsa supera meta de vacinação infantil contra poliomelite

A prefeitura de Manaus comemora a superação de mais uma meta de vacinação estabelecida pelo MS (Ministério da Saúde). Desta vez, foi a campanha nacional de vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil) que imunizou mais de 172 mil crianças em todo o município, atingindo 96,74% dos 178.277 menores de cinco anos que compõem a população de Manaus, resultado novamente superior à meta de 95% estabelecida para a campanha e que coloca Manaus dentro dos padrões de excelência exigidos pela OMS (Organização Mundial da Saúde).
A vacinação havia sido prorrogada até a última sexta-feira, 22, para garantir que Manaus alcançasse a cobertura vacinal de 95%. Entre as crianças menores de um ano, a cobertura atingiu 99%, e a vacinação das crianças de um a quatro anos alcançou 96%.
Desde 2006, Manaus tem cumprido as metas estabelecidas pelo MS em todas as campanhas de vacinação. Em junho de 2008, a primeira etapa da campanha contra a paralisia infantil alcançou 97,47% da população da faixa etária indicada. Em maio, Manaus pôde comemorar 100% dos idosos vacinados contra a gripe (influenza).

Vacina chega a locais de difícil acesso

O secretário municipal de Saúde, Jesus Pinheiro, atribuiu o sucesso das campanhas a fatores distintos. O primeiro, refere-se à articulação com instituições municipais e da sociedade civil, por meio da qual foi possível levar a vacina a locais de difícil acesso. Em segundo lugar, ao investimento realizado pela prefeitura de Manaus, que garantiu, por exemplo, disponibilizar de forma inédita mais de dois mil postos de vacinação, entre Unidades de Saúde, postos fixos, volantes, avançados e equipes volantes, por toda a área urbana e rural do município, em um esforço que envolveu mais de seis mil pessoas, entre servidores da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde) e voluntários. Jesus Pinheiro também creditou o sucesso à crescente tomada de consciência por parte da população da importância e eficácia da vacina e à parceria especial da imprensa, que abraçou a causa e divulgou a campanha.

Números nacionais

O resultado final da segunda etapa da campanha contra a poliomielite, realizada em 9 de agosto, será divulgado pelo Ministério da Saúde na primeira semana de outubro. Mas, de acordo com dados do MS, desde 2003, quando a cobertura ficou em 98,27%, o país não alcançava um resultado tão expressivo. Nos últimos anos, os resultados nacionais foram de 96,43% em 2004, 94,58% em 2005, 94,56% em 2006 e de 93,29% em 2007.
No Brasil, os últimos casos de poliomielite foram verificados nos Estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, em 1989. Em 1994, o continente americano recebeu da OMS (Organização Mundial de Saúde) o reconhecimento pela erradicação da transmissão autóctone da doença. Os países do Pacífico Ocidental receberam o reconhecimento em 2000 e a Europa, em 2002.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email