Sempab e Fepesca buscam solucão para desperdício

A Prefeitura de Manaus está buscando alternativas para serem desenvolvidas no período da entressafra, quando acontece o maior desperdício de pescado na cidade, por conta da grande quantidade de peixes nos rios da região. A solução definitiva será o Terminal Pesqueiro, que deve passar do governo federal às mãos do poder público municipal ainda este ano. Entretanto, enquanto a liberação da estrutura ainda é trabalhada em Brasília, novas políticas são costuradas em Manaus.
Na última quinta-feira (18), o titular da Sempab (Secretaria Municipal de Empreendedorismo e Abastecimento), Jefferson Praia, recebeu o Presidente da Fepesca (Federação dos Pescadores do Estado do Amazonas), Walzenir Falcão, com quem discutiu uma medida paliativa a ser desenvolvida com urgência.
Praia levantou a situação de nunca ter existido uma política pública e sólida na cidade que não permita o estrago de pescado. De acordo com ele, os governos passados apoiaram-se apenas no travamento burocrático do Terminal Pesqueiro e não buscaram alternativas que, ao menos, equalizassem o problema.
“Por esse motivo estamos recorrendo à federação, para que juntos possamos encontrar uma saída para o problema. A ideia é juntarmos força para criarmos uma política pública voltada ao aprimoramento do setor de pescado. Precisamos estocar esses peixes em algum lugar”, comentou.
De acordo com Walzenir Falcão, a federação dos pescadores tem uma estrutura que não deixa a desejar, quando comparada, a nenhum outro local do Brasil. “Podemos fazer algum acordo para estocarmos estes pescados de Manaus. Estamos preparados no sentido de colaborar com a prefeitura”, disse.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email