Seminário de Educação Fiscal é hoje!

O Estado do Amazonas realiza hoje o Seminário Estadual de Educação Fiscal, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) e Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), com o tema “Participação e Controle Social em tempos de pandemia”, e tendo como palestrante a Dra. Regina Tamami Hirose, Procuradora da Fazenda Nacional em São Paulo e renomada palestrante sobre temas ligados à Educação Fiscal.

O Seminário acontecerá de forma virtual em parceria com o Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam) com início marcado para 15h (horário de Manaus). Acesse o evento através do link https://cutt.ly/fm19tFx ou use o QR-Code.

Concurso nacional de curta-metragem premiará estudantes e professores

Vão começar as inscrições para o Concurso Nacional de Obras de Curta-metragem “Luz, Câmera e Educação Fiscal”, que visa à seleção e premiação de obras audiovisuais que tenham como o tema principal a Educação Fiscal. Com o objetivo de conscientizar o cidadão sobre a função social e econômica dos tributos, as obras devem ser realizadas por estudantes e professores das universidades e escolas técnicas de todo o país.

O concurso, que está na 4ª edição, é uma promoção conjunta da Secretaria da Receita Federal do Brasil, por meio da Equipe de Cidadania Fiscal da 10ª Região Fiscal e da Prefeitura de Santa Maria, pelo Programa Municipal de Educação Fiscal, desenvolvido desde 2002, pelas Secretarias Municipais de Educação e de Finanças, com apoio da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), do Programa Nacional de Educação Fiscal (PNEF), Programa Estadual de Educação Fiscal do RS (GEFE/RS), Secretaria da Fazenda Estadual/RS, e da HVINTE Eventos.

As inscrições são gratuitas e estarão abertas até o dia 3 de outubro de 2021, através do link: https://cutt.ly/Hm13KN5 

As políticas do Programa Nacional de Educação Fiscal (PNEF) são definidas pelo Grupo de Trabalho “GT66- Educação Fiscal”, no âmbito da Comissão Técnica Permanente do ICMS (Cotepe/ICMS). Os representantes da Cotepe aprovaram a criação do Grupo de Trabalho que planeja, executa, acompanha e avalia as ações do PNEF, atuando como integrador e articulador de experiências das esferas federal, estadual e municipal.

No Diário Oficial da União, de 30 de julho de 2019, o Protocolo ICMS 44/19, dispôs sobre a manutenção e fortalecimento do Programa Nacional de Educação Fiscal – PNEF no âmbito Estadual. Acesse o Protocolo através do link https://cutt.ly/km18CPA 

Para mais informações sobre os Grupos e Subgrupos de Trabalho da Comissão Técnica Permanente do ICMS – COTEPE/ICMS, foi disponibilizado o Ato ICMS 48/19, publicado em 4 de setembro de 2019, que pode ser acessado através do link https://cutt.ly/5m14yJE 

Quer saber mais sobre o Programa Nacional de Educação Fiscal acesse: https://sites.google.com/view/gt66 

Ganhador do sorteio mensal da Nota Fiscal Amazonense planeja realizar sonho

O microempreendedor individual Huerbert de Oliveira Santos recebeu a ligação da Secretaria de Fazenda informando que ele havia ganhado R$ 10 mil no sorteio mensal referente a junho. “Eu coloco o CPF na nota desde que a campanha começou. Esta é a primeira vez que eu ganho um prêmio expressivo. Estou juntando dinheiro para dar entrada num carro. A quantia veio em boa hora”, falou ainda incrédulo com a sorte.

Ganhadores do 62º Sorteio – R$ 5 mil: Cathia Elen da Silva Moura, Marcos Roberto Gomes Dias, Marcos Tales Vieira Freire, Walter Ferreira da Silva Junior, Damylhe Moreira dos Santos, Oneide de Sena e Silva e Ana Leonarda Tomaz Castro. R$ 10 mil: Huerbert de Oliveira Santos e Mara Rubia Pinheiro Marques. R$ 20 mil: Laís Haddad Foronda Correa.

As entidades sociais ganhadoras: Apae, Lar Francisco de Assis – Núcleo de Amparo Social Tomás de Aquino, Asman, GACC, Associação Amigos dos Autistas do Amazonas (AMA), Casa Vhida, Casa Mamãe Margarida e Abrigo Coração do Pai.

“A Educação Fiscal, de forma muito acertada, foi definida pela Receita Federal como um programa prioritário, porque tem como pilar fundamental sensibilizar e promover, junto à sociedade, o conceito de cidadania fiscal. A sociedade, que na verdade custeia toda a máquina pública do Estado, tem o dever de acompanhar de que forma o recurso, que todos nós enquanto sociedade contribuímos para fazer chegar aos administradores públicos, está sendo aplicado.

A educação fiscal é um conjunto de ações educativas que visa mobilizar o cidadão para a compreensão da função socioeconômica dos tributos e sua conversão em benefícios para a sociedade, bem como entender o papel do Estado e sua capacidade de financiar as atividades essenciais, o funcionamento da administração pública e o papel cooperativo do cidadão. O objetivo da educação fiscal é formar cidadãos capazes de compreender a função social dos tributos, entender a importância de acompanhar a aplicação dos recursos públicos e estar motivado para o exercício da cidadania plena.

É importante ressaltar que educação fiscal e cidadania fiscal são valores muito importantes para cada cidadão e é fundamental que todos entendam essa importância. Vale destacar ainda que, todo cidadão, independente da condição econômica, de alguma maneira participa do bolo de recursos que são destinados a custear toda máquina pública do Estado, então nesse aspecto, a importância da cidadania fiscal está em um contribuinte cidadão reconhecer que ele é parte importante dessa cadeia e que precisa realmente acompanhar de que forma o recurso público está sendo empregado em prol da sociedade.”

Omar Rubim: Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil, Superintendente da Receita Federal do Brasil na 2ª Região Fiscal, grande promovedor e disseminador da Educação Fiscal.

Contato da coluna

[email protected]

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email