Já trouxemos, em outras oportunidades, o assunto “parônimos” (vocábulos parecidos), no entanto, como se trata de um campo fértil, vamos aprender um pouco mais com três duplinhas semelhanças entre si e longe de serem equivalentes.

GUARITA X GUARIDA

Escutei uma pessoa falando  “guarita” em vez de “guarida”. Foi algo assim: “Estou certa de que ele não vai me dar guarita” (errado). “Guarita. s.f. 01. torre nos ângulos dos antigos baluartes, onde se protegiam as sentinelas. 02. casinhola portátil, de madeira ou de outro material, que funciona como abrigo para sentinelas ou outros vigias”. E quanto ao outro vocábulo? “Guarida. s.f. 01. toca, covil de feras. 02. Fig. Algo que oferece proteção, amparo, acolhimento; abrigo, asilo, refúgio”. Ex: 1. “A guarita abrigava policiais que não a deixavam desguarnecida”. 2. “Os homens deram guarida àquela viúva”.

VÍVERES X VIVERES

Não se trata apenas de uma diferença quanto à acentuação gráfica desses vocábulos e, por conseguinte, uma diferença também no campo da fonética, da pronúncia. A disparidade mais perceptível é no tocante à classe de palavras, ou seja, “víveres” é um substantivo e “viveres” é uma flexão do verbo “viver”. Sendo assim, temos “substantivo” x “verbo”. Vamos à definição.  “Víveres. s.m. pl. Provisão de comestíveis; alimentos; gêneros alimentícios; vitualhas”.  Em se tratando do verbo “viver” acredito não haver necessidade de definição, apenas é importante sinalizar que “viveres” é a 2.ª pessoa do singular do futuro do subjuntivo do verbo “viver”.

GROSSEIRO X GROTESCO

Tenho ouvido bastante usarem um pelo outro, feito sinônimos. Não são! Ex.: “No pós-cirúrgico a enfermeira notou um erro grotesco”. Estará correto se o interlocutor tiver pretendido dizer que o “erro foi ridículo; que provocou riso; escárnio; zombaria”. No entanto, se indicar algo malfeito; rude; tosco; grosso; estúpido, deverá ser “grosseiro”, e não “grotesco”. Um “erro médico grosseiro” seria algo malfeito, tosco. Fica a dica.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email