Semana Nacional de Museus em forma online

Começou ontem, 17, e segue até o dia 23, a 19ª Semana Nacional de Museus, quando estes espaços, em todo o país, enriquecem ainda mais as atividades disponibilizadas para os visitantes este ano, como no ano passado, restritas devido à pandemia. Em muitos museus as atividades (palestras, exibição de filmes, contação de história, oficinas, exposições, shows musicais e rodas de conversa) continuam sendo apenas online.

O tema da Semana, de 2021, é ‘o futuro dos museus: recuperar e reimaginar’, uma reflexão sobre o futuro destes espaços que, exatamente por causa da pandemia, tiveram que mudar radicalmente sua forma milenar de atender aos visitantes e usar da tecnologia para continuar divulgando cultura, história e conhecimento. O presencial deu lugar ao virtual.

“No Museu Amazônico, que no próximo mês completará 30 anos de existência, as atividades serão todas pelas mídias sociais (Facebook e Instagram), com exibição de conteúdos digitais, mostrando assuntos diversos, divulgação científica, e exposições, no formato de curtas metragens”, falou Dysson Teles, diretor do Museu.

30 anos do Museu Amazônico

“A Semana Nacional de Museus é uma grande festa em todo o Brasil, aonde os museus celebram a memória e se lançam para o futuro. Em junho certamente teremos uma programação especial para comemorar os 30 anos do Museu Amazônico, uma instituição que  se notabilizou pela aproximação estreita com a sociedade”, disse Carolina Brandão, diretora da Divisão de Cultura do Museu Amazônico.

O Museu Amazônico, pertencente à Ufam, atendendo às medidas de segurança, desde março do ano passado está funcionando somente com atividades on-line. As produções culturais permaneceram e têm sido realizadas várias ações nesse formato.

“Sentimos falta do abraço do visitante, mas por enquanto continuaremos trabalhando dessa forma”, avisou Carolina.

Sobre a série de filmes que serão exibidos no Museu agora, durante a Semana, são curtas produzidos a partir de um projeto científico da Ufam com a UEA, no qual os alunos de biologia apresentam pequenos vídeos de divulgação científica que visam discutir temas estudados no âmbito das pesquisas realizadas na região.

“Voltando a falar das comemorações de aniversário do Museu Amazônico, a programação ainda está em construção. Esperamos que até o dia 21 de junho, o dia do aniversário, todos os manauaras já tenham sido vacinados e, enfim, possam participar com segurança, de forma presencial, de nossos eventos”, adiantou.

Visite os demais museus

A seguir, a lista dos museus de Manaus que estarão participando da Semana de Museus e seus respectivos fones de contato para informações sobre suas programações.

O Museu da Cidade, localizado no Paço da Liberdade, é administrado pela prefeitura através da Manauscult. Até o dia 23, o Museu apresentará um seminário online por dia, sempre com um tema específico. O de hoje, por exemplo, será sobre a arte nos túmulos, com a arquiteta Carolina Soller. Haverá, ainda, seminários sobre os espaços sacros da cidade, praças, mercados históricos e grafismo indígena.

Museu da Cidade
Foto: Divulgação

Os demais museus estão sob a responsabilidade da SEC (Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa), do Governo do Amazonas. Apenas o Teatro Amazonas estará aberto para o público, com visitas agendadas. Essas visitas já são tradicionais, com monitores caracterizados vestindo figurino da época, explicando sobre os vários espaços do teatro, decoração e curiosidades a respeito do majestoso templo.

Os outros museus apresentarão variada programação em seus canais no YouTube. Quem não conhece a história de um dos maiores administradores que o Amazonas já teve, poderá saber mais sobre a vida de Eduardo Gonçalves Ribeiro (1892/1896) no canal do Museu Casa de Eduardo Ribeiro. No canal do Museu de Numismática Bernardo Ramos o numismata Robervan Melo irá falar sobre a história recente do hobby de colecionar cédulas e moedas, em Manaus. Robervan atua na área do colecionismo há mais de 30 anos. Já no canal da Pinacoteca do Amazonas será apresentada a exposição ‘Traços tribais’, do goiano Noleto, com curadoria de Jandr Reis. Noleto tem se notabilizado ao longo dos anos com seus quadros nos estilos expressionista e pop art.

Museu Casa de Eduardo Ribeiro
Foto: Divulgação

Participantes da Semana de Museus      

– Museu da Cidade de Manaus

– Fone: 3215-2127

– Museu Casa de Eduardo Ribeiro

– Fone: 3631-2938

Localizados no Palacete Provincial

– Fone: 3631-3632

– Museu da Imagem e do Som do Amazonas

– Museu de Arqueologia

– Museu de Numismática Bernardo Ramos

– Museu Tiradentes

– Pinacoteca do Amazonas

– Museu do Homem do Norte

Museu do Homem do Norte
Foto: Divulgação

– Fone: 9 9911-97292

– Museu do Teatro Amazonas

– Fone: 3622-1880 e 3622-2420

– Museu Seringal Vila Paraíso

– Fone: 3631-3632

Programação no país

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email