Atualmente, quase 44% dos brasileiros sonham em ter o próprio negócio, segundo dados que constam na pesquisa GEM 2012 (Global Entrepreneurship Monitor), realizado pelo Sebrae em parceria com o IBQP (Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade). Desses números, 49,6% dos que iniciam a carreira empresarial são do sexo feminino. “À medida que as mulheres passam a ocupar em maior densidade cargos de liderança nas organizações, também adquirem mais segurança para empreender, principalmente no empreendedorismo por oportunidade”, analisa o diretor-presidente do IBPQ, Sandro Vieira.
E entre as que decidiram seguir no ramo empresarial está a jornalista Cristiane Batista, que apaixonada por moda desde a infância, época em que já confeccionava os seus próprios modelos, hoje é proprietária da grife Santa Cris (www.santacris.blogspot.com). “A minha primeira coleção foi em junho de 2007 quando lancei no Festival Folclórico de Parintins, foi um sucesso em 3 dias de exposição vendi todas as 120 peças que levei antes do Festival começar. E de lá pra cá tenho apostado na grife e no mercado de confecções”, conta a empreendedora, que também é responsável pelo Vitrine Rosa Choque (empresa de eventos ligados a moda), além de possuir uma assessoria de imprensa virtual para lojistas e eventos culturais.
As peças criadas por ela são comercializadas atualmente na loja Anna Bardot, localizada no Vieiralves, zona Centro-Sul, e também nos perfis da marca na internet. “O mercado em Manaus é bem difícil, pois não temos uma indústria que produza o tecido, aviamentos, nem maquinário. Tudo vem de fora e encarece o nosso produto local, mas eu acredito que daqui uns 10 anos possamos estar como o Ceará. Já que um dia o mercado da moda cearense foi como o nosso também”, acredita a empresária, que aponta que entre os desafios da mulher empreendedora está a criatividade, como passo inicial para não cair na mesmice do mercado local.
Para ela, hoje realmente existem mais mulheres envolvidas em abrir e expandir o seu próprio negocio do que há 10 anos atrás. “Em parte por conta das facilidades como linhas de créditos e até prêmios para as mulheres empreendedoras, como o do Sebrae. Isso é um incentivo muito grande”, disse a empresária.
Há cerca de um ano e meio, a publicitária Milena Rodrigues criou o Espaço Brinco (www.facebook.com/espacobrinco), que inclusive possui uma página no Facebook com mais de mil seguidoras. Desde adolescente ela produzia os seus próprios acessórios e ao longo dos anos foi se aprimorando. “Em 2011, algumas amigas pediram para que montasse algumas peças para que elas usassem no Ano Novo e a partir daí comecei a fazer as primeiras encomendas, que acabaram funcionando como propaganda do meu trabalho, um mês depois eu já estava cheia de encomendas, e enfim, montei a minha página que gerou mais contatos com minhas amigas e novas clientes”, revela a empreendedora.
O diferencial do negócio está tanto no atendimento, que é feito em domicílio e com hora marcada. “Além disso, atendo dois segmentos, o de mulheres de 15 a 50 que vão em busca dos acessórios exclusivos. E o de mãe e filha, que gostam de usar peças idênticas para combinarem”, destaca Milena, que avalia como grande desafio é sempre estar à frente, pesquisando tendências, cores e maneiras de inovar.
A empreendedora fala que conseguir em Manaus soluções rápidas para a montagem das peças é também outro grande problema. Sendo necessário pedir matéria prima de fora e isso acaba gerando muitos gastos, sem contar, que às vezes demora a chegar. “Por essa razão é sempre necessário estar duas vezes mais antenada, pois produzimos cada detalhe e as peças são pensadas individualmente, projetadas antes ou na mesma época que a “moda” é lançada, afinal de contas minhas clientes querem sempre ser as primeiras a terem determinado produto”, frisa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email