1 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Sem grandes efeitos em Manaus, frio no interior do AM pode atingir 17°

Os próximos dias serão de temperatura atípica no Amazonas, de acordo com dados do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam). No interior, as temperaturas podem cair para até 17°C. Já a capital, Manaus, não sentirá grandes efeitos, com média entre 23ºC e 29ºC.

Em todo o Brasil, os serviços de meteorologia apontam uma semana de frio intensa até o próximo domingo (22). Em algumas cidades do país, há previsão de neve e “chuva congelante”. O clima em alguns estados já começou a mudar na segunda-feira (16).

O Censipam aponta que municípios como Boca do Acre, Eirunepé, Ipixuna, Envira, Guajará, Itamarati, Lábrea, e Pauini, no sul do Amazonas, deverão sentir as temperaturas mais baixas entre esta terça (17) e quinta-feira (19) , alternando mínimas entre 20°C e 17°C.

Em Manaus, que concentra a maior parte da população do Estado, os efeitos serão sentidos em menor intensidade. A temperatura pode cair para 22°C durante a madrugada desta quarta (18) e quinta (19), sendo que a média mínima será de 23°C. Nesses dois dias, as máximas estarão entre 28°C e 29°C.

De acordo com o meteorologista Mamedes Luiz Melo, do Instituto Nacional de Meteorologia, os dias serão de céu nublado em grande parte do período, com ocorrência de chuvas e tendência de ventos fracos a moderados ao longo do dia.

“A gente sabe que em relação à temperatura, esse não vai ser só um fenômeno que vai causar essa queda de temperatura na capital amazonense, mas também vai aumentar a quantidade de nebulosidade por esses dias e não vai deixar a temperatura máxima ficar muito alta”, explicou.

Apesar dos efeitos leves, a população manauara vai, pelo menos, sentir o clima mais “ameno” nos próximos dias, afirmou Melo.

Massa de ar polar

Durante a passagem de massa de ar polar pelo Brasil, a região Centro-Sul será a mais atingida nesta semana (16 e 22 de maio). O deslocamento da massa de ar polar vai coincidir com um ciclone extratropical, trazendo umidade e até a queda de “chuva congelante”.

Massa de ar são enormes porções atmosféricas que se aglomeram em determinada região do planeta e absorvem propriedades da superfície. Como o nome sugere, são massas de origem polar que possuem baixas temperaturas.

O meteorologista Mamedes Luiz Melo explicou os efeitos do fenômeno desta semana em estados da Região Norte.

“Uma massa de ar polar com forte intensidade chegou no sul do Brasil, no início dessa semana. No decorrer desses dias, essa massa – conhecida como um fenômeno friagem – vai se espalhar pelo centro-sul do Brasil, atingindo o sul da Região Norte, especialmente no estado de Rondônia, no Acre e Centro-Sul do Amazonas, onde o ápice desse frio deve ficar aí entre o dia 19”, disse. As informações são do G1.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email