O ano de 2021, que nos chegou com tantas cores de alegria, avança. Os dias se transformam em semanas e o que o mundo nos oferece, de um modo geral, é ainda um quadro de quase desolação. As reportagens nos mostram, além do avanço da pandemia, vinganças que resultam em mortes ou agressões violentas. É de nos perguntarmos para onde caminhamos, nós, essa humanidade que aguarda o mundo de paz. No entanto, pessoas de valor dão testemunho inconteste de que temos capacidade de desculpar e relevar os erros alheios. Essas são considerações da filósofa e escritora Rose Monteiro sobre esse movimento de revide do mal, que ainda tem tanto poder em nós. Ela acrescenta: A organização social obedece a um esquema cujos traços gerais definem a posição que todos devem adotar no intercâmbio das relações humanas.

Do descontrole em atos e palavras resultam as ofensas, os consequentes remorsos, os ressentimentos que custam a passar e, não raro, as antipatias e inimizades. Os atos cotidianos precisam ser pautados criteriosamente, para refletir o maior bom senso possível. Para conseguir esse fim, é preciso haver controle nas atitudes, domínio sobre si mesmo e raciocínio em ação. Destas sábias colocações de Rose Monteiro, que refletem igualmente os ensinamentos racionalistas cristão, retiramos importantes reflexões. Podemos concluir que o desequilíbrio psíquico decorre da falta de esclarecimento espiritual, da ausência de conhecimento do mecanismo da vida, do desconhecimento sobre o que se passa depois da morte física e de como se deve proceder para bem aproveitar a estada na Terra.

Portanto, é tempo de tomarmos o controle de nossas emoções, de domarmos nossos sentimentos inferiores, percebendo que fortes são aqueles que conseguem conter-se diante de uma agressão. Que a verdadeira fortaleza está nas almas que não se descontrolam quando são ofendidas. Pensemos nisso e deixemos que siga em paz quem nos agride ou envenena os dias. De nossa parte, vibremos no bem, pelo bem e usufruamos de saúde física e mental. 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email