Seguro-desemprego é ampliado para 103 mil trabalhadores

O Ministério do Trabalho liberou o pagamento de duas parcelas adicionais do seguro-desemprego para 103.077 trabalhadores demitidos sem justa causa em dezembro de 2008 -naquele mês, 650 mil pessoas perderam suas vagas. As demissões, na avaliação do governo, teriam sido consequência direta da crise econômica internacional.
Segundo o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, “o benefício ficará restrito aos demitidos em dezembro’’, uma vez que em janeiro o corte de vagas desacelerou bastante e em fevereiro já houve leve recuperação (9.179 vagas).
O ministro afirmou que, como as médias de perdas de vagas são trimestrais, tudo indica que não haverá mais necessidade de ampliação do benefício. Sobre os 4.200 demitidos pela Embraer, Lupi diz que o corte, isolado em um mês, também não permite a ampliação.
Foram beneficiados empregados de 42 subsetores da economia e 16 Estados, considerados aqueles que tiveram as maiores perdas de vagas formais. Os Estados com mais setores beneficiados são Minas Gerais (41.412) e São Paulo (44.312). Entre as principais áreas estão a industria metalúrgica, mecânica e de materiais de transporte.
O governo estima um gasto extra de cerca de R$ 126 milhões com o pagamento que será feito automaticamente aos trabalhadores.
Hoje, o benefício do seguro-desemprego varia de três a cinco meses, dependendo do tempo em que o trabalhador ficou no emprego -o seguro vai de R$ 465 a R$ 870, sendo o valor médio pago de R$ 595,20. Agora, as parcelas serão de cinco a sete meses.
A medida é temporária e ficará restrita apenas aos setores que estão sofrendo mais com a crise e aos Estados que tiveram mais demissões nessas áreas. É possível, por exemplo, que o seguro seja estendido para o trabalhador demitido de uma siderúrgica em São Paulo, mas não para quem trabalhava na mesma área em outra região do país.
A análise é feita por setor e por Estado, a partir dos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que foram divulgados entre dezembro e fevereiro.
Só pode ser beneficiado quem perdeu o emprego em dezembro de 2008. O pagamento extra será feito a partir de abril e será automático.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email