Segmentos comercial e residencial sustentam alta de 2,8% no consumo

O consumo de energia elétrica no Brasil aumentou 2,8% em maio de 2011 na comparação com igual mês de 2010, de 34,27 mil GWh para 35,22 mil GWh, de acordo com a EPE (Empresa de Pesquisa Energética).
No acumulado, houve incremento de 3,8% no consumo, para 178 mil GWh. Em 12 meses, o crescimento foi de 5,6%, para 421,82 mil GWh. As informações constam na Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica de junho.
Segundo a EPE, o consumo industrial apresentou comportamento estável entre maio de 2011 e igual mês de 2010, com ligeiro crescimento de 1%, para 15,16 mil GWh. Isso se explica, principalmente, pela retração de 4% na demanda do setor no Nordeste.
No residencial, a expansão foi de 5% no período, para 9,14 mil GWh. O bom resultado é consequência do aumento de 5,7% na demanda do Sudeste, em razão de temperaturas mais elevadas que a média histórica, e da alta de 5,6% no consumo no Sul, em razão da mudança do sistema de gestão dos consumidores no Estado do Paraná.
No segmento comercial, a EPE reportou um crescimento de 6% no consumo de energia, também puxado pelo Sudeste (+6,1%), pelo Sul (+10%) e pelo Centro-Oeste (+11%) – no Sul, novamente teve impacto positivo a mudança do sistema de gestão dos consumidores no Estado do Paraná.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email