Segmento de embalagens fecha 2009 com recuo de 12,02%

A indústria brasileira do plástico fechou 2009 com faturamento bruto de R$ 35,9 bilhões, o que representa queda de 12,02% em relação aos R$ 40,9 bilhões faturados em 2008

A indústria brasileira do plástico fechou 2009 com faturamento bruto de R$ 35,9 bilhões, o que representa queda de 12,02% em relação aos R$ 40,9 bilhões faturados em 2008. O balanço foi divulgado pela Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico) na quarta-feira, 17.
Os números mostram ainda que, em volume, a produção total de transformados de plástico em 2009 foi de 5,19 milhões de toneladas, o que significa alta de 1% em relação a 2008. No cálculo não está incluída a transformação de PET. O consumo aparente de transformados plásticos no Brasil foi de 5,38 milhões de toneladas volume 1,6% superior ao de 2008.
Em 2009, as exportações de transformados plásticos totalizaram US$ 1.18 bilhão, recuo de 14,6% frente a 2008. Já as importações totalizaram US$ 2.10 bilhão, apontando queda de 11,8% na comparação com o ano anterior. Com isso, o saldo negativo na balança do setor ficou em US$ 918 milhões.
A perspectiva de crescimento do setor para este ano, segundo a entidade, é de 2,2%, podendo ser superior caso o PIB ultrapasse 5%. O segmento de maior destaque será o editorial com expectativa de aumento de 15%. “Ano passado, em meio a crise, a área foi a que apresentou melhor crescimento (5,3%)”, concluiu o presidente da Abigraf Regional São Paulo, Fabio Arruda Mortara.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email