Secretário de Segurança Pública do Amazonas conhece estrutura dos EUA

O secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, iniciou, nessa segunda-feira, 17 de agosto, uma série de visitas nos órgãos do governo dos Estados Unidos que atuam no combate aos crimes nas regiões de fronteira. A programação segue até 24 de agosto, com a participação de diversas autoridades de segurança do mundo.
O secretário, que foi convidado pelo governo norte-americano para a visita sem ônus para o Estado, destaca que a programação está voltada para o conhecimento de técnicas e estratégias usadas pelos EUA, no combate ao narcotráfico e ao crime organizado. “É uma experiência que irá agregar mais conhecimento e ideias de novas estratégias para o combate aos crimes na região de fronteira do Amazonas, um Estado que deve ser visto com olhar diferenciado, pois somos vizinhos dos principais produtores de droga do mundo”, disse.
Na segunda-feira, Sérgio Fontes visitou o El Paso Intelligence Center (EPIC), localizado em El Paso, no Texas, que auxilia na identificação dos traficantes de drogas e traficantes estrangeiros ao longo da fronteira EUA-México.
Nesta quarta-feira, dia 19, o secretário vai visitar o Customs and Border Protection (CEC), em Washington D.C, que é a maior agência de aplicação da Lei Federal do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, com mais de 45.600 agentes e policiais federais em atuação.
A comitiva também realiza sobrevoo de helicóptero para observar as operações da Patrulha de Fronteira do United States Border Patrol (USBP), que é responsável por detectar e impedir a entrada de estrangeiros ilegais no país, assim como prevenir o tráfico ilegal de pessoas e contrabando.
Na quinta-feira, dia 20, Sérgio Fontes vai participar de encontro na Drug Enforcement Administration (DEA), órgão de polícia federal do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, encarregado da repressão e controle de narcóticos. E na sexta-feira, dia 21, visitará a Secretaria de Segurança Pública do Centro de Fusão Texas, para discutir iniciativas de inteligência.
O secretário finaliza a programação no dia 24 de agosto (segunda-feira), com uma visita ao Serviço de Segurança Diplomático (DSS) do Centro de Fusão. Na ocasião vão ser discutidos casos de documentos fraudulentos envolvendo as operações de fronteira. “Serão encontros para adquirir mais conhecimento e desde já agradeço ao governo norte-americano pelo convite e ao governador José Melo, que autorizou a nossa viagem sabendo da importância das novas ideias que estaremos levando daqui”, destacou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email