Santa Júlia terá especialistas 24 horas

Em um café da manhã oferecido para a imprensa e equipe médica, o Hospital Santa Júlia inaugurou, na manhã dequinta-feira (6), no auditório do hospital, o seu mais novo Pronto-Atendimento Especializado em Cardiologia e Pediatria com atendimento especializado 24 horas por médicos pediatras, ginecologistas, obstetras, cardiologistas, além dos clínicos, ortopedistas e cirurgiões.

Com investimento de R$ 1,5 milhão a movimentar diretamente a economia do Estado, o novo Hospital gerará aproximadamente 200 empregos diretos, com capacidade para atender de 12 a 15 mil pessoas por mês.

Estrutura
Reformado 100%, o novo pronto-atendimento conta ainda com estrutura física de 143 apartamentos para internação; três UTIs, sendo uma UTI adulta, com 12 leitos; uma UTI neonatal e pediátrica, com 10 leitos; e uma UTI coronariana, com 13 leitos. Bem como, serviços de radioterapia e hemodiálise.
A cardiologia será exclusiva da unidade de pronto-atendimento do Santa Júlia, já que nenhum outro oferece esse serviço em Manaus.

O pronto-atendimento pediatrico, por exemplo, com salas de medicações e repouso independentes, 24 horas. Um dos maiores complexos hospitalares e ambulatoriais de Manaus tem seu pronto-atendimento com acesso pela avenida Airão.

Diferencial
De acordo com a diretora- executiva do Hospital Santa Júlia, médica Júlia Gonçalves, o ponto alto desse projeto é a oferta de três serviços que praticamente não existiam em Manaus. “Pediatria, obstetrícia e serviço de cardiologia em que os pacientes são atendidos 24 horas por dia. Esse é o nosso grande diferencial”. Para a diretora, com 37 anos de existência, o Hospital sempre busca inovar e empreender. “Inaugurar este novo Pronto Socorro em meio à crise que vivemos foi um grande desafio, conseguir um corpo clínico só de especialistas foi algo trabalhoso, mas que é o grande diferencial do nosso pronto -atendimento.”

Segundo a médica, este tipo de serviço é exclusivo e muda a forma de atendimento à população de Manaus. Além de colocar a capital amazonense no mapa da moderna medicina de urgência e emergência. E gera empregos novos.

Visão da equipe médica
Já para o diretor Assistencial do Santa Júlia, Epifânio Pereira, o hospital vem mais uma vez inovando no mercado de saúde da cidade de Manaus. Nós hoje fizemos um investimento, não somente de ampliação, mas principalmente de serviço”. E de acordo com o diretor de Operações do Hospital, Reginaldo Queiroz, o investimento para construir toda a parte estrutural do pronto-socorro, girou em torno de R$ 1,5 milhão. “E junto com as equipe internas que temos, também captamos mais profissionais que irão compôr essa nova equipe médica. E com isso, já temos mais de 500 médicos, 15 deles, como administradores de setores especícifcos”, revelou ele.

A unidade cardiológica está totalmente estruturada para receber casos de todos os níveis de complexidade em uma emergência 24 horas. O atendimento é feito por uma equipe composta de 30 pessoas, sendo todos cardiologistas e tendo subespecialidades em cardiologia clínica, cirurgia cardíaca, hemodinâmica, eletrofisiologia, ecocardiografia entre outros.

Cardiologia
“O diagnóstico imediato e correto feito pelo cardiologista faz toda diferença na hora de socorrer e tratar o paciente. Um paciente cardiopata pode ser confundido entre um problema simples e tem até 90 minutos entre ser atendido e estar em uma mesa de operação. Não existe nenhum outro hospital em Manaus que tenha cardiologistas 24 horas atendendo, o que tem são emergencistas que acabam atrasando o tratamento do paciente por não saber o diagnóstico correto”, declarou a médica responsável pelo setor de cardiologia, Simora Souza.

Pediatria
Já a emergência de Pediatria terá uma equipe composta apenas por pediatras, tendo ainda os especialistas nas áreas de endocrinologia, infectologista, nefrologista, intensivista, reumatologista entre outros.

O que é o método Lean Manufacturing
O setor contará com salas de medicações e repouso independentes 24 horas e outra grande novidade dessa emergência é o teste rápido de estreptococos, que indica de maneira correta a inflamação da garganta causada pela bactéria Streptococcus. Evitando que o médico ministre de forma excessiva e incorreta, antibióticos no paciente.

“Um dos diferenciais deste setor, são os protocolos que são seguidos e mantém a mesma linha de tratamento para os pacientes. Todo caso tem uma reunião clínica com os médicos, enfermeiros e especialistas para decidir o procedimento a seguir,” declarou o médico responsável pelo setor de Pediatria, Cauby Leite.

Toda a estrutura física e de equipamentos do Hospital Santa Júlia estarão à disposição dos pacientes de urgência e emergência. O principal deles é o Centro de Diagnóstico por Imagem (um dos mais completos de Manaus) e o laboratório de análises clínicas funcionando 24 horas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email