Salão do Turismo em São Paulo espera cem mil visitantes

A diversidade brasileira traduzida em diferentes paisagens, ritmos e sabores. Mostrar o potencial do país é a proposta do 4º Salão do Turismo – Roteiros do Brasil, que será realizado de 1º e 5 de julho no Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi, Zona Norte de São Paulo capital. Estão sendo esperados cerca de cem mil visitantes no evento.
No salão serão lançados novos roteiros estruturados por órgãos oficiais de todo o país para atender aos diferentes segmentos do turismo, como os de passeio, aventura, histórico ou religioso. O salão também é palco de articulação entre os setores público e privado para facilitar parcerias e estimular negócios.
Para promover o Salão, o Ministério do Turismo investiu na criação de espaços especiais para mostrar um pouco da riqueza e do potencial de cada região. Na “Vitrine Brasil”, serão apresentadas coleções de moda, resultado do trabalho conjunto de estilistas renomados e artesãos.
No “Saber Fazer”, a oportunidade de desvendar alguns dos segredos do artesanato com mestres desta arte. Gastronomia e apresentações culturais também estão entre as atrações. O secretário nacional de Políticas de Turismo, Airton Pereira, enfatizou que o objetivo do salão é fazer com que as pessoas consumam o turismo para o seu próprio crescimento pessoal, profissional e intelectual.
Uma comemoração especial marca esta edição. Há cinco anos foi lançado pelo ministério o Programa de Regionalização do Turismo, um modelo de gestão descentralizada, coordenada e integrada, com base nos princípios da flexibilidade, articulação, mobilização, cooperação intersetorial e interinstitucional e na sinergia de decisões. Palestras, lançamento de duas revistas e premiação para casos de sucesso fazem parte da agenda de comemoração. Um dos indicadores de sucesso dessa iniciativa é o crescimento do número de ofertas.
“Se no primeiro Salão tínhamos cerca de 400 produtos turísticos, hoje temos mais de 300 roteiros estruturados para oferecer. Ou seja, mais de 3.000 produtos turísticos”, disse a diretora do Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico do Ministério do Turismo, Tânia Brizolla.
Para atender ao interesse crescente desta demanda por pacotes turísticos, a área de comercialização cresceu de 8.000 para 9.600 metros quadrados. A área total do evento este ano será de 45 mil metros quadrados. Para divulgar o Salão, o Ministério do Turismo está investindo R$ 6 milhões em campanha publicitária.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email