Saída de dólares supera entrada pela primeira vez em 11 meses

A saída de dólares superou a entrada no Brasil pela primeira vez em 11 meses, segundo dados divulgados na quarta-feira pelo Banco Central. O fluxo cambial de acordo com a autoridade monetária em fevereiro ficou negativo em US$ 399 milhões.
No mês de janeiro, o saldo foi positivo em US$ 1.07 bilhão. No acumulado do ano, o fluxo cambial é positivo em US$ 676 milhões – no mesmo período do ano passado era negativo em US$ 2.17 bilhões.

Fluxo positivo

O setor financeiro – que inclui aplicações, investimentos, gastos e remessas de lucros – registrou fluxo positivo de US$ 1.88 bilhão em fevereiro, ou seja, entraram mais recursos do que saíram no país nessa conta.
Já a área comercial – que registra as compras e vendas de produtos entre o Brasil e outros países – teve resultado negativo de US$ 2.28 bilhões.
No ano passado, o fluxo cambial ficou positivo em US$ 28.7 bilhões – a grande entrada de dólares no Brasil contribuiu para derrubar a cotação da moeda norte-americana.

Reservas internacionais

O Banco Central divulgou também dados relativos às intervenções da autoridade monetária no mercado de dólar.
No mês de fevereiro, a autoridade monetária comprou US$ 350 milhões no mercado de dólar à vista, valor que afeta os níveis das reservas internacionais, que até terça-feira estavam em US$ 241.2 bilhões, segundo o Banco Central.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email