Saída de dólares é a maior desde final de 2006

O Brasil registrou em julho a maior saída de dólares do país desde dezembro de 2006. O fluxo cambial do país, indicador que mede a entrada de capital estrangeiro no comércio e na área financeira, ficou negativo em US$ 2.494 bilhões, segundo dados do Banco Central. Ou seja, houve mais saída do que entrada de dólares.
Trata-se do pior resultado desde dezembro de 2006, quando houve saída de US$ 3.463 bilhões. Em julho do ano passado, houve um saldo positivo de US$ 11.588 bilhões.
No comércio exterior, o saldo foi positivo em US$ 2.64 bilhões (diferença entre exportações e importações). Na área financeira, o resultado ficou negativo (déficit de US$ 5.13 bilhões). Também é o pior resultado desde dezembro de 2006, quando houve saída de US$ 3.463 bilhões. O déficit financeiro vem sendo puxado pelas vendas de ações no mercado financeiro. Em janeiro, muitos investidores estrangeiros também haviam saído da Bolsa.
O fluxo acumulado no ano está positivo em US$ 12.44 bilhões, abaixo do registrado no mesmo período de 2007 (US$ 63.215 bilhões).
Na área comercial, o fluxo está positivo em US$ 32.2 bilhões entre janeiro e julho. No setor financeiro, está negativo em US$ 19.747 bilhões.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email