21 de janeiro de 2022

Rotta e Alberto Neto na mira

O atual vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta (DEM) e o deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos) são os dois pré-candidatos a prefeito de Manaus mais cortejado pelos líderes nas pesquisas para compor chapa com eles. Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante) sondam os dois, mas Ricardo Nicolau (PSD), que ainda não está bem nas pesquisas, também corre por fora tentando um acordo com eles. Rotta tem mantido conversas com quase todos os concorrentes, na companhia do presidente regional de seu partido, o ex-deputado e atual chefe do escritório do Estado em São Paulo, Pauderney Avelino. Já Neto tem a companhia do colega deputado e presidente de sua sigla no Amazonas, Silas Câmara. Os dois dirigentes partidários têm todo o interesse de posicionar bem seus correligionários, olhando para a eleição de 2022, quando ambos deverão no mínimo disputar o mandato de deputado federal. A decisão dos dois cortejados só deve ocorrer em cima da hora.

NA BERLINDA

Silas Câmara, por sinal, está extremamente pressionado por processos judiciais. Ele escapou esta semana do julgamento de uma ação por causa da prática da “rachadinha”, mas ao mesmo tempo se tornou alvo de inquérito aberto pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, por uso indevido da verba indenizatória – o chamado “cotão”.

DE SAÍDA

O ex-deputado federal Hissa Abrahão (PDT) retirou sua pré-candidatura a prefeito de Manaus e anuncia hoje o apoio a Ricardo Nicolau, que dessa forma é o postulante a Prefeito com o maior arco de alianças construído até agora. Ele já tinha anunciado o apoio do Solidariedade e do PSB. Á frente das articulações está o presidente regional de seu partido, o senador Omar Aziz.

LUTO

Surpreendeu a todos a morte, na última quarta-feira (2), do empresário e pastor evangélico Stanley Braga, vítima da Covid-19. Entre a internação e o óbito transcorreram apenas cinco dias. Ele era um dos mais ativos mobilizadores do meio empresarial. Participou ativamente da coleta e distribuição de donativos a pessoas de baixa renda durante a pandemia.

BOA COLOCAÇÃO

O Governo do Amazonas obteve o status ‘elevado’ e foi classificado em segundo lugar, no Ranking de Controle Interno 2020, divulgado na quarta-feira, dia 2, pelo Ministério Público de Contas. O levantamento anual tem o objetivo de avaliar o nível de desenvolvimento do controle interno, no Estado, e incentivar o aprimoramento das atividades em cada órgão estadual.

FINANCIAMENTO

Produtores rurais do estado do Amazonas vão contar com incentivos fiscais e linhas de financiamento favoráveis para o fomento de suas produções agrícolas, durante a 42ª edição da Exposição Agropecuária do Amazonas, que neste ano acontecerá de forma virtual, entre os dias 28 e 30 de setembro. A isenção do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e Comunicação e orçamento na ordem de R$ 5 milhões voltado para várias linhas de crédito são os principais benefícios concedidos pelo Governo do Estado.

SANÇÃO

O governador Wilson Lima (PSC) sancionou ontem a lei que autoriza a Secretaria do Meio Ambiente a outorgar as primeiras concessões florestais em Unidades de Conservação do Amazonas. A medida representa uma alternativa econômica sustentável para o Estado, na medida em que conserva as florestas e promove a geração de renda.

FUNCIONANDO

Três semanas depois do retorno das aulas presenciais em 123 escolas de Ensino Médio, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto permanece com ações pedagógicas para orientar estudantes e profissionais após o período de suspensão das atividades. Ontem, todas as unidades de ensino receberam técnicos da Secretaria Executiva Adjunta Pedagógica da pasta para reforçar a assistência à comunidade escolar. 

FRASES

“Eles não têm legitimidade para representar os profissionais da educação de Manaus.” Luiz Fabian, secretário de Educação do Amazonas, criticando a “ocupação” da Secretaria por membros do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado

arrecadação

“A pandemia não terminou. Tem que respeitar as regras.” Serafim Corrêa (PSB), deputado estadual

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email