Rotta diz que está na disputa para valer

Reeleito para a Assembleia Legislativa com pouco mais de 45 mil votos nas eleições de 2010, o deputado estadual Marcos Rotta (PMDB) afirma que está no jogo sucessório municipal para valer e colocou seu nome ontem, à disposição do grupo liderado pelo governador Omar Aziz (PSD) e pelo senador Eduardo Braga (PMDB). O parlamentar disse que espera ser inserido no processo eleitoral como candidato do partido dele e como candidato do grupo partidário a que pertence.
“Não posso deixar de participar desse processo eleitoral”, disse Rotta da tribuna da ALE-AM, lembrando que foi eleito deputado estadual pela quarta vez com mais de 45 mil votos, só em Manaus, o que o credencia a ser o candidato do leque de partidos que venceu as eleições de 2010. “O Amazonas foi o único Estado da Federação a eleger o governador, os dois senadores, a maioria das bancadas federal e estadual de um mesmo grupo político”, destacou.
Se não for candidato a prefeito, Rotta disputará a presidência da ALE-AM. No entanto, ele aposta na viabilização do arco de alianças PMDB/PSD para alavancar sua candidatura. Para alguns parlamentares governistas, a manifestação de Rotta foi vista como “sintomática e compreensível” em um momento em que o processo eleitoral se afunila e são visíveis as articulações dos deputados federais Pauderney Avelino (DEM-AM) e Rebecca Garcia (PP-AM) junto a Omar Aziz e Braga, buscando espaço e apoio na disputa municipal.
Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da ALE-AM, o deputado se recusa a avaliar a atual administração do prefeito Amazonino Mendes (PDT) com nota de um a dez. Mas é veemente nas críticas aos problemas da capital. “Manaus é uma cidade abandonada, com gargalos terríveis quanto à mobilidade urbana e quanto às iniciativas sociais, a cidade precisa de quem a administre com carinho, respeito e competência”.
Segundo ele, “o futuro prefeito de Manaus não pode virar as costas para a cidade, como fez o atual prefeito”, deixando que os efeitos da enchente fossem sentidos pelas populações que moram nas áreas mais baixas da cidade ou à beira dos igarapés. “Por isso essas pessoas migraram para a cidade, para mostrar à sociedade o problema social em que estavam envolvidas, tudo por falta de uma pessoa para administrar a situação”, declarou.

Aposta em Braga

Em função da alta densidade eleitoral de Eduardo Braga na capital, Marcos Rotta considera fundamental o apoio do senador à sua pretensão majoritária. Amigo pessoal e visto por muitos como o “menino de ouro” do senador, ele disse acreditar que o apoio não faltará, inclusive pelas ideias de Braga, apontando para a necessidade de renovação dos quadros políticos do Estado.
“Respeito todos os membros do nosso grupo político que estejam se preparando para disputar as eleições municipais, mas eu acredito que tenho contribuído bastante para o soerguimento da vida de Manaus. Por isso, lanço meu nome, esperando ter o apoio de todos para que, juntos, possamos fazer de Manaus uma cidade bem melhor de se viver”.
Marcos Rotta disse que estava bastante satisfeito com a avaliação feita pelo senador Eduardo Braga sobre seu nome. “Quem o conhece e sabe do seu potencial, sabe o quanto vale a sua recomendação política. Por isso, recebo como missão o gesto do senador Eduardo Braga em citar meu nome como um candidato em potencial para vencer as eleições em Manaus”, garante.

Vergonha

Marcos Rotta taxou de “vergonhosa” a atitude da Agência Nacional de Energia Elétrica ao não permitir que a Eletrobras devolvesse aos consumidores brasileiros os mais de R$ 7 bilhões cobrados irregularmente nos últimos sete anos.
Na sua avaliação, pelo menos 400 mil consumidores do Amazonas foram lesados pelo chamado erro de cálculo, sem que essa cobrança a mais fosse detectada. Ele disse que o próprio Tribunal de Contas da União foi favorável à devolução desse valor cobrado irregularmente, uma vez que a própria lei determina que o valor deva ser pago em dobro caso seja confirmado o erro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email