Roraima assina convênio com a Suframa

O governo de Roraima e a Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) estão fazendo os ajustes finais para a assinatura de dois convênios que prometem ampliar o horizonte econômico roraimense. Trata-se dos projetos para a construção de um complexo de armazenagem em Boa Vista, que otimizará diretamente a produção de grãos do Estado, e o que prevê recursos complementares para o andamento do curso de doutorado em desenvolvimento sustentável.

Além do governo estadual, a Suframa também assinará convênios com prefeituras do Estado do Amazonas.
O governador recém-empossado, José de Anchieta Júnior, que assumiu o cargo no início de dezembro passado com o falecimento de Otomar Pinto, esteve na última sexta-feira, na sede da superintendência, em Manaus, tratando do andamento dos convênios e outros assuntos de interesse da economia estadual com os superintendentes adjuntos da Suframa da área de Projetos, Oldemar Ianck, e de Planejamento e Desenvolvimento Regional, Elilde Mota de Menezes.

“Todos os convênios terão execução iniciada neste ano em toda a região em que atuamos, a Amazônia Ocidental (Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima) mais a ALC (Área de Livre Comércio) de Macapá e Santana, no Estado do Amapá, porque os recursos já estão garantidos”, ressaltaram os dirigentes.

A coordenadora-geral de Desenvolvimento Regional da Suframa, Eliany de Souza Gomes, antecipa que serão assinados neste início de ano 187 convênios relativos a projetos apresentados em 2007 pelos governos estaduais e municipais e entidades da região.

“Com o governo de Roraima temos o projeto do complexo de armazenagem, no valor de R$ 9,9 milhões, sendo R$ 9 milhões por parte da Suframa, que se soma ao dos silos, de 2005, que também financiamos (R$ 10,4 milhões), e o da 2ª fase do curso de doutorado em desenvolvimento regional, no valor de R$ 1,1 milhão, sendo R$ 1 milhão financiado pela autarquia”, explicou a coordenadora.

Segundo Eliany Gomes, os convênios somam aproximadamente R$ 192 milhões, que financiarão projetos nas áreas de formação de capital intelectual, de infra-estrutura e apoio à industrialização de produtos regionais.

Parcerias governamentais

O governador José de Anchieta selou ainda compromisso com a Suframa para que Roraima seja representado em peso pelo seu setor produtivo na 4ª Fiam (Feira Internacional da Amazônia). O evento é considerado a maior vitrine de negócios da região, realizada pela autarquia a cada dois anos, e que neste ano ocorrerá entre 10 e 13 de setembro. “Estaremos sim na Fiam, até porque a partir dela poderemos ampliar a dinâmica econômica de Roraima com o Amazonas, com demais Estados da região e até mesmo com os países vizinhos”, assinalou o governador.

Os técnicos que o governador mandará em breve para reuniões na Suframa também tratarão da formalização da parceria da Fazenda de Roraima com a autarquia como parte da política da instituição federal voltada a ampliação do controle sobre a entrada de mercadorias na sua área de atuação.

Desde o último dia 1º deste ano está em funcionamento o Sistema de Internamento de Mercadoria Nacional – WS Sinal/Sinal 6.0., que é alimentado por informações prestadas pelo fornecedor do insumo ou mercadoria para a região, pelo transportador da carga e por quem a recebe. O objetivo é evitar fraudes como a simulação de envio de mercadorias, que lesam o fisco.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email