8 de maio de 2021

Rodrigo Pacheco é eleito para a presidência do Senado

O senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) foi eleito para presidência do Senado e do Congresso Nacional nos próximo dois anos. O candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro recebeu 57 votos contra 21 para a senadora Simone Tebet. Dois senadores não votaram pois estavam impedidos de comparecer à sessão por licença médica.

Pacheco era o candidato do atual presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Desde que teve sua candidatura à reeleição barrada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), Alcolumbre fez uma ampla campanha para angariar votos para seu candidato.

“Quero lembrá-lo que agora não existe mais divisão, estamos todos unidos para o melhor para o Brasil. Que o senhor cumpra o seu mandato com toda altivez que lhe é peculiar”, afirmou o ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre.

“Assumo neste momento a mais alta incumbência quem foi confiado. Assumo com humildade e integral comprometimento com valores democráticos da nossa república e da Constituição Federal. Não existem mais candidaturas e divisões”, disse o presidente do Senado Rodrigo Pacheco, que agradeceu a senadora Simone Tebet pela desenvoltura na disputa pela presidência.

Rodrigo Pacheco, 43 anos, é senador de primeiro mandato e na eleição de 2018 venceu a disputa pela vaga ao Senado por Minas Gerais com a ex-presidente Dilma Rousseff. Na eleição de hoje, o novo presidente do Senado contou com o apoio do PT.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email