Rio Branco adere à agenda ambiental

O Acre está empenhado em inserir critérios socioambientais e sustentáveis na administração públicas. Na última terça-feira, a Prefeitura de Rio Branco assinou o termo de adesão da ASP (Agenda Ambiental na Administração Pública).
No domingo, foi a vez do Imac (Instituto de Meio Ambiente do Acre) aderir à Agenda, criada em 1999 pelo MMA, e que possui um papel estratégico voltado para as boas práticas socioambientais na esfera do governo.
Segundo o gerente de projeto do Departamento de Cidadania Ambiental e Responsabilidade Socioambiental, Geraldo Abreu, o objetivo do programa é incentivar o uso de alternativas mais eficientes, que reduza a utilização de matérias-primas e recicle resíduos.
“A A3P tem um papel estratégico na revisão dos padrões de consumo e na adoção de novos referenciais em busca da sustentabilidade socioambiental”, ressaltou Geraldo.
A A3P é uma estratégia para consolidar de uma nova cultura institucional, buscando minimizar os impactos das práticas administrativas e operacionais sobre o meio ambiente. No momento, 81 instituições públicas já aderiram ao programa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email