Ricardo Teixeira não será mais Cidadão do Amazonas

Com os votos já contabilizados dos deputados Marcelo Ramos (PSB), Marcos Rotta (PMDB) e Fausto Souza (PRTB), a proposta do deputado Wanderley Dallas (PMDB) que concedia o título de Cidadão do Amazonas ao presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira, foi derrubada ontem pela Comissão Especial da Assembleia Legislativa do Amazonas criada para analisar a concessão de outorgas de títulos e medalhas às autoridades.
Segundo Marcelo Ramos, depois das declarações que deu a um jornal do Piauí, quando atacou a imprensa brasileira e autoridades, afirmando que fazia da CBF o que bem quisesse, Ricardo Teixeira “merecia era receber uma medalha do Presídio do Puraquequara ou do Ipat”.
O presidente da Comissão Especial, deputado Marcos Rotta, afirmou que não poderia votar favoravelmente a essa proposta porque Ricardo Teixeira criou uma imagem negativa em todo o País, depois das declarações que deu a um jornal do Nordeste.
Segundo Marcos Rotta, como a concessão de um título de cidadania é uma honraria das mais importantes, não poderia ser favorável a uma pessoa que criou sérios problemas com todas as autoridades brasileiras.
Teixeira deu declarações bombásticas a Jornal do Piauí, demonstrando desprezo pela imprensa nacional, dentre outras deselegâncias.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email