Revelação do “Ídolos” lança disco de pagode

Aos cinco anos de idade, Hellen Caroline já pensava: “Quero ser cantora a vida inteira”. Desde então, ela não parou e agora está

lançando o seu primeiro disco, “O Sonho Aconteceu”, com a produção de Rodriguinho.
O álbum, que deve chegar às lojas até o fim deste mês, tem seis composições de Hellen. Uma delas é a romântica “Príncipe

Encantado”, que já está sendo divulgada na internet.
Pagodeira de carteirinha, Hellen conta que sempre gostou de ouvir canções de Belo, Exaltasamba e do antigo grupo de

Rodriguinho, Os Travessos. “Para não sair da música, fui obrigada a cantar o que aparecesse nos bailes. Não tive a chance de

escolher um ritmo de cara”, diz ela, cuja primeira grande conquista foi o terceiro lugar do programa “Ídolos” (SBT), de 2011.
“Participar desse reality me deu estabilidade, fãs e uma cachê maior”, brinca a cantora. “O problema é que, novamente, eu cantei

diversos ritmos, sem ter como escolher”, explica.
Compondo desde os 12 anos, Hellen sempre tinha algumas criações na manga. Certa vez, ela mostrou suas canções para

alguns produtores. Artista ficou surpresa quando viu que os pagodes é que mais chamaram a atenção deles.
“Foi nessa hora que decidi gravar um disco de pagode acústico com meu próprio dinheiro”, conta Hellen. Chance de mostrar este

repertório veio com a participação no quadro “Mulheres que Brilham”, do “Programa Raul Gil” (SBT), em que ela saiu vencedora.
“Eu sabia que Rodriguinho estava entre os jurados do Raul Gil, então eu escolhi um pagode”, diz Hellen, que escolheu a canção

“Sorria”, dos Travessos.
Aos 27 anos, Hellen Caroline é uma exceção no mercado musical, já que poucas mulheres jovens apostam no pagode hoje.

Além dela, um exemplo de quem também investe no ritmo é a cantora Ana Clara, que estreou com o apoio de Péricles – -que

gravou com ela a canção “Nossos Planos”.
Hellen é contratada pela mesma empresa que agencia Péricles e Thiaguinho, que estão entre os grandes nomes do pagode no

momento.
“Até agora, não senti preconceito por ser mulher. Já ouvi até elogio de quem não ouve pagode normalmente. Acredito que a voz

feminina acaba dando um toque diferente às canções”, diz.
“O Sonho Aconteceu”, tem 15 faixas, com composições próprias, como “De Repente Amor”, e canções compostas por

Thiaguinho e Rodriguinho. O também produtor do disco, Rodriguinho faz parceira com a cantora na faixa “Me Perdoa”.
Como compositora, Hellen assume que é romântica, mas acredita que o pagode sempre é feito de músicas animadas. “Eu gosto

de colocar o público para dançar nos shows e trago um pouco de humor também. Outro dia mesmo, estava em um churrasco, e

os homens só falavam de carro. Isso inspirou uma música, que estará no próximo disco”, revelou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email