10 de abril de 2021

Retenção de talentos: estratégia para segurar profissionais

Retenção de talentos é nova tendência no mundo corporativo. De acordo com o diretor presidente da Elancers, Cezar Tegon, empresa de recrutamento e seleção online, devido o mercado aquecido, este é um tema que merece atenção redobrada

Retenção de talentos é nova tendência no mundo corporativo. De acordo com o diretor presidente da Elancers, Cezar Tegon, empresa de recrutamento e seleção online, devido o mercado aquecido, este é um tema que merece atenção redobrada. “Reter talentos significa criar estratégias para manter dentro da organização as pessoas. Em especial as que se destacam, que são diferentes, que têm qualidade acima da média, que geram resultados e benefícios e que consequentemente aparecem e são desejadas pelo mercado”, explica.
Para Tegon, o aquecimento do mercado e a briga por talentos levará as empresas a zelar pelos seus funcionários. “Como contratar talentos já é uma missão difícil. Cuidar dos seus profissionais é uma obrigação, ou então os outros virão pescar seus peixes mais vistosos em sua própria lagoa”, enfatiza.
Ele ainda conta que um ótimo exemplo para classificar esta realidade, a de reter talentos, está no futebol. “Neymar (jogador do Santos e da Seleção Brasileira), um craque de talento ímpar, apareceu se destacou por sua qualidade acima da média e por isso é desejado pelos principais clubes da Europa. O Santos criou estratégias de retenção, que pelo menos por enquanto, estão mantendo seu tesouro em casa e gerando frutos para o clube”, exemplifica Tegon.
Segundo ele, não existe hoje uma fórmula completa de reter talentos que sirva para todas as organizações, mas que existem elementos básicos: como salário, benefícios, meritocracia, ambiente de trabalho, possibilidade de crescimento, etc., que precisam ser combinados e agregados à cultura de cada empresa, sempre demonstrados de forma clara ao funcionário. “A retenção de um talento começa na sua contratação, é primordial que a empresa mostre de forma clara qual a sua cultura e as possibilidades reais de ascensão, qual o esforço que ele precisará empregar para chegar às ascensões”, frisa o especialista.
Tegon aconselha que também é necessário ouvir o profissional, conhecer seu perfil e suas ambições, e verificar se a empresa está adequada ao que ele deseja. “Não adianta ter um profissional de talento ímpar se ele estiver infeliz, fora do ambiente que ele goste. Se isso acontecer, com certeza seu talento não aparecerá, por maior que seja”, ressalta o diretor presidente da Elancers, que destaca que o porte da empresa, não é um fator restritivo de retenção de talentos.

Como fazer?

Para as empresas que desejam iniciar um plano de retenção, Cezar Tegon indica que primeiramente é importante fazer um alinhamento a cultura estabelecida versus o perfil dos profissionais que hoje estão na empresa. “Um bom caminho é institucionalizar a cultura, começando com a divulgação de missão, visão e valores, desenhando o perfil comportamental de seus profissionais e paralelamente, sempre focado na cultura estabelecida, realizando uma pesquisa de clima”, ensina.
O especialista também aponta outro item que deve ser levado em conta, equipamentos. “Um bom profissional precisa de estrutura para realizar suas atividades, este item também exige investimento”, salienta Tegon. Porém, ele conta que existe um item que pesa para a retenção, até mais que salários, benefícios e equipamentos, que é a meritocracia. “Não tem custo, exige sim, muita transparência em gestão e liderança presente e que dê o exemplo, pois um talento que olha para o seu colega, que faz menos,tem o mesmo destaque, salário e benefícios, sem que a sua liderança atue de maneira efetiva para corrigir estas distorções, não permanecerá muito tempo na empresa”, defende.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email