Resultado consolidado da Aracruz cai para R$ 260 mi

A Aracruz Celulose obteve lucro líquido consolidado de R$ 260,8 milhões no terceiro trimestre de 2007, volume 5,8% menor no comparativo com igual período do ano passado -segundo as normas contábeis brasileiras. A receita líquida de vendas somou R$ mais de 872 milhões no intervalo, com queda de 6,9%, e o lucro bruto ficou em R$ 300,4 milhões (queda de 19,9%).

A geração operacional de caixa, medida pelo Ebitda (lucro antes de despesas financeiras, impostos, depreciação e amortizações), ultrapassou R$ 334,9 milhões de julho a setembro deste ano, volume 13,6% menor frente ao apurado no mesmo período de 2006 (R$ 388,2 milhões).
A companhia divulgou ainda um Ebitda trimestral ajustado por outros itens “estritamente contábeis” e incluindo 50% do Ebitda da Veracel. Por esse critério, esta linha do balanço fica em R$ 394,4 milhões, com queda de 13,2% sobre o mesmo intervalo do ano passado (R$ 454,5 milhões).

A Aracruz é líder na produção de celulose de eucalipto. Responde por 27% da oferta global do produto, destinado à fabricação de papéis de imprimir e escrever, papéis sanitários e papéis especiais de alto valor agregado. As operações florestais alcançam os Estados do Espírito Santo, Bahia, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email