4 de dezembro de 2021

Restituição de R$ 2 milhões no AM

Mais de R$ 2 milhões serão restituídos a 1.196 contribuintes amazonenses. Começa hoje (8) a consulta do lote residual do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) referente aos exercícios 2009 a 2016. Já o crédito bancário individualizado será realizado na próxima quarta-feira (15). Lembrando que os lotes residuais são aqueles que caíram na malha fina e foram liberados pela (Receita Federal do Brasil). Para o comércio aumenta a expectativa em torno do aquecimento das vendas de material escolar e de artigos carnavalescos, bem como, de serviços com os contribuintes quitando contas vencidas.

De acordo com a Receita, no Amazonas, o lote de restituição multiexercício do IRPF – FEV/2017 soma o montante de R$ 2.253.412,06 para o número de 1.196 contribuintes. O valor maior é do exercício de 2016 com R$ 1.816.944,57 para 901 contribuintes. Na ponta da tabela está apenas um contribuinte com direito ao valor residual de R$ 127,20 em 2009. A tabela completa está no destaque da matéria.

O presidente em exercício da ACA (Associação Comercial do Amazonas), Nílio de Lima Portela, recebeu com otimismo a informação da Receita. “Recebo esta notícia com alegria. Estamos entusiasmados, porque vai dar um movimento no comércio neste período de volta às aulas. E, o que é bom para a população, também é bom para o comércio”, enfatizou.

Portela ratifica que o momento é propício para os contribuintes receberem a restituição. “O comércio sem a população não tem movimento e, neste momento de crise, toda injeção de valores para a população faz o comércio girar. E que venha outros valores. E quando eu digo comércio, também considero os serviços e a economia como um todo”, destacou o empresário.

Na avaliação do conselheiro efetivo do Corecon-AM (Conselho Regional de Economia), Pedro Monteiro, em tempo de crise qualquer valor é sempre bem-vindo e dará sinais para a economia voltar a girar. “Na minha opinião, qualquer dinheiro a mais vai gerar um certo aquecimento na economia. Pessoas vão receber e vão gastar, ou seja, a roda gira”, afirma.

Entretanto, segundo o economista, os R$ 2 milhões não vão tirar o Amazonas da crise que vem assolando a economia no país. “Porém, este valor não é algo tão significativo. De qualquer forma, é uma ajuda e fará a economia girar, mas não vai ser sentida em alta escala”, disse.

Para o administrador de empresas, Ricardo Sampaio, a expectativa é grande para consultar o lote de restituição. Ele pretende quitar algumas dívidas e investir em adereços e fantasias para se divertir no Carnaval. “Estou ansioso para ver meu nome na lista. Assim vou poder pagar o IPVA do meu carro e sair com a família e amigos para curtir o período de Carnaval”, disse.

Prazo de um ano
A restituição ficará disponível no banco indicado pelo contribuinte durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF (Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física).

Caso o valor não seja creditado no dia 15, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB (Banco do Brasil) ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Como consultar
A partir desta quarta-feira a Receita abre consulta da restituição do Imposto de Renda de fevereiro. O contribuinte que caiu na malha fina no período de 2009 a 2016, deverá acessar a página da Receita na Internet (http://www.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para o Receitafone 146, para saber se teve a declaração liberada.

Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Envio de e-mail falso
A Receita Federal reitera a informação de que não envia e-mail para contribuinte.
Assim, e-mail enviado supostamente pela instituição não deve ser acessado. Eles podem ser de origem mal-intencionada
e causar danos nos arquivos do computador do cidadão.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email