Restaurantes de Manaus preparam-se para a reabertura

Quem está ansioso para voltar à rotina de comer fora de casa após o isolamento, a partir da segunda-feira (15), vai ter a opção de retornar aos restaurantes da capital. Com a segunda fase gradual de retomada do comércio que incluem restaurantes, cafés, padarias e fast-foods, os estabelecimentos se preparam para o novo normal, após quase três meses fechados. 

Distanciamento entre mesas, piso demarcado, instalação de vários dispensers com álcool em gel, e a obrigatoriedade do uso de máscaras e luvas pelos atendentes, estão entre as medidas adotadas pela empresária Lilian Guedes, proprietária de um restaurante. Animada com a liberação dos serviços no salão com atendimento aos cliente, ela garante que o importante manter a segurança de higiene no local.

“Estamos prontos para atender os clientes. A minha equipe está treinada e orientada. Além de todos esses cuidados, a área de self service será composta por uma proteção de vidro. Será obrigatória a higienização das mãos do cliente na entrada, e disponibilizado luvas descartáveis (opcional). Todos os nossos atendentes usarão toucas, mascara e luvas”, detalha.

O restaurante que chegou a registrar 100% de perdas no início da pandemia, conseguiu reerguer-se no mês de abril, após investir na modalidade de delivery, o que resultou num crescimento de 35% de faturamento.  

“Desafogou em maio, as pessoas começaram a sair. Tivemos um retorno também do cliente do com serviços de entrega no balcão. O delivery serviu para me manter os serviços ativos”.  

Para Lílian, este retorno será uma  explosão no consumo. Porque vai retornar com mais força e garante que tem clientes cativos. “Lutamos bravamente e conseguimos superar os desafios deste cenário. Fechamos maio com lucro, apesar de mais baixo que outros períodos, mas foi satisfatório. Com o retorno, tenho certeza que em quatro meses a gente consegue cobrir os prejuízos”.  

O presidente da Abrasel-AM (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), Fábio Cunha, o importante é retornar de forma segura respeitando as normas. Ele diz que o setor de alimentação fora do lar, com a grande variedade de estabelecimentos ativos traz vida para as cidades. E a expectativa e que as coisas estejam voltando a normalidade. “Mas não podemos esquecer dos cuidados e atenção com a higiene e saúde das pessoas. Esses cuidados precisam ser redobrados pelas boas práticas de manipulação de alimentos Iremos abrir atendendo um novo protocolo”, diz ele ressaltando que a expectativa é boa porque o setor emprega mais de 80 mil pessoas diretamente.

Conforme o dirigente da entidade, o setor amargou prejuízos altíssimos desde o início da pandemia, a cada cinco restaurantes um precisou fechar. O faturamento do setor de alimentação fora do lar no Amazonas caiu 60% neste período de pandemia. Na região Norte essa baixa chega a 75% os dados foram divulgados por meio a da Pesquisa Nacional de Situação de Crise realizada com 1558 estabelecimentos do Brasil divulgada pela Abrasel no segundo semestre de maio. 

“O faturamento caiu mais de 50% em abril. Em maio esse percentual chegou a 60%. É um cenário bem difícil. e o cenário de retomada vai ser com mais dificuldade”.

De acordo com as recomendações da FVS os restaurantes devem seguir o protocolo específico para o funcionamento como o uso de máscaras, o uso de álcool em gel, e a capacidade de 50% dos clientes dentro do restaurante, além do distanciamento de dois metro entre as meses. Em caso de self service o estabelecimento precisa disponibilizar luvas por conta da manipulação do objeto. 

Outros segmentos  

Fazem parte deste ciclo de retomada as lojas de informática, comunicação, telefonia e materiais e equipamentos fotográficos, lojas de brinquedos, livrarias e papelarias, lojas de departamentos e magazines, comércio de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal entre outros.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email