Resgate de milhas pode gerar economia

Clientes com fidelidade aproveitam para economizar trocando milhas

No momento atual de orçamento das famílias mais apertado por causa da inflação alta e queda da renda real, clientes de programas de fidelidade aproveitam para economizar trocando suas milhas aéreas acumuladas no cartão de crédito por outros produtos e serviços.
“Esses pontos podem ser um ótimo benefício para os consumidores, especialmente em tempos de retração econômica, pois podem ser trocados por passagens aéreas, eletrodomésticos, artigos esportivos, vale combustível, vouchers para restaurantes, vale presentes e mais opções de produtos e serviços”, afirma o diretor executivo de vendas do programa de fidelidade Multiplus, Alexandre Mosche Parczew.
Segundo o planejador financeiro independente Jansen Costa, a alternativa de trocar milhas aéreas por outros produtos e serviços é válida principalmente se a validade dos pontos está próxima do vencimento. “As milhas aéreas têm um prazo de validade muito curto, se a pessoa não vai viajar, compensa muito trocar por outro produto ou serviço”, diz.
Os principais programas de fidelidade como Multiplus e Smiles oferecem oportunidades para que seus clientes troquem as milhas aéreas por produtos como combustíveis, perfumes e cosméticos, eletrodomésticos, artigos de vestuário, e serviços como hospedagem em hotéis, aluguel de veículos. “Se a ideia é economizar é extremamente válido trocar as milhas”, diz Costa.
A recomendação do planejador financeiro é que o cliente faça as contas e encontre um produto ou serviço equivalente ao valor teórico da milha aérea. “Cada ponto acumulado no cartão de crédito vale entre R$ 0,03 a R$ 0,04”, calcula.
Entre as alternativas disponíveis no programa Multiplus, o resgate de 4 mil pontos permite que o cliente abasteça seu veículo com R$ 72 em combustíveis nos postos Ipiranga. Se tiver 5 mil pontos, a economia ao abastecer o tanque pode alcançar R$ 90. Na sequência, com 7,5 mil pontos pode adquirir R$ 135 em combustíveis; e com 10 mil pontos terá a alternativa de encher o tanque de gasolina com R$ 180.
Se o objetivo for economizar na viagem, o cliente tem a alternativa de trocar milhas por diárias em hotéis da rede Accor, com 6 mil pontos Multiplus é possível obter um cheque de desconto Le Club equivalente a 40 euros (cerca de R$ 150 no câmbio turismo), e se for 12 mil pontos, o montante de 80 euros em cheques de desconto (R$ 300 aproximadamente no câmbio turismo).
O resgate de pontos também está sendo utilizado até na aquisição de presentes, no incremento do vestuário para melhorar o visual e autoestima com perfumes e cosméticos.
No programa Smiles, uma panela de arroz elétrica pode ser adquirida com 3.667 milhas, e um liquidificador pode ser encontrado por 4.153 milhas, itens que podem servir de presentes de casamento ou para renovar ou incrementar itens da cozinha da família.
Entre as sugestões para consumo pessoal ou para presentes de aniversário e de relacionamento próximo estão: o perfume Eau de Toilette de Carolina Herrera 212 por 5.346 milhas no programa Smiles, e o barbeador elétrico Classic por 4.315 milhas Smiles.
Na mesma linha de presentes, no programa Multiplus, o cliente pode trocar 6,9 mil pontos por Bule de Chá, ou 7,6 mil pontos por um Serviço para Fondue, da rede Pepper.
Ainda entre as sugestões para consumo pessoal ou presentes de relacionamento ou para amigos, a Multiplus possui parcerias com a Natura, a Anna Pegova e a Netshoes.
Como exemplos de trocas possíveis, com 2.650 pontos Multiplus, se pode adquirir uma camiseta Nike, com o montante de 3.760 pontos, uma camisa polo da Puma, ou com 5.370 pontos ou 8.050 pontos optar por modelos de tênis esportivos da Nike.
No ramo de beleza e cosméticos para uso pessoal, um creme para mãos da Anna Pegova sai por 3 mil pontos, mesmo valor exigido por um óleo para o corpo da fragrância Maracujá de Anna Pegova. Se a preferência for pela Natura, um creme da linha Ekos de Castanha sai por de 2,2 mil pontos.
Alexandre Moshe Parczew, da Multiplus, lembrou que com 10 mil pontos é possível resgatar uma viagem em classe econômica da Tam em território nacional. “Entre janeiro e março de 2015 houve um aumento de 4,25% no resgate de passagens aéreas, e de 62,1% em produtos não aéreos”, diz.

Risco de endividamento
Costa alerta que não faz sentido a pessoa física se endividar no cartão de crédito para acumular milhas. “Muitas vezes, a pessoa gasta além do controle no cartão de crédito, pois não sente o efeito [psicológico] do dinheiro saindo do bolso. E quando questionada sobre o uso intenso do cartão diz que está juntando milhas”, afirma o planejador financeiro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email