O secretário Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Ulisses Tapajós, cumpre até a próxima sexta-feira (24), agenda em Brasília e no Rio de Janeiro, onde tratará com órgãos e instituições sobre recursos e repasses à capital amazonense.
“Vamos em busca de R$ 500 milhões que poderão somar à nossa receita própria e fomentar os projetos de reestruturação que o prefeito Arthur Neto está implementando em Manaus”, comentou.
Um dos compromissos agendados é a visita do secretário da Semef à Secretaria do Tesouro Nacional, em Brasília. O assunto será a liberação de empréstimo da ordem de R$ 200 milhões para obras de mobilidade urbana. Serão também discutidos financiamentos internacionais destinados a obras de infraestrutura.
Ainda na capital federal, Ulisses Tapajós, conversará com representantes do Ministério das Cidades para viabilizar a liberação de R$ 150 milhões provenientes do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). “O recurso dará grande apoio às obras voltadas para a Copa”, pontuou.
Há também agendamentos de conversas com entidades internacionais como, CAF (Corporação Andina de Fomento), BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e BIRD (Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento). A última parada em Brasília será na sede do Banco do Brasil, onde será tratado o andamento do ‘Projeto de Antecipação dos Royalties’ de petróleo. Tais repasses somam R$ 50 milhões e destinam-se à Previdência Privada do município.

Modernização
Para fechar a agenda, o secretário da Semef segue ao Rio de Janeiro para reunir com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). A pauta será sobre o PMAT 3 (Programa de Modernização da Administração Tributária). Serão R$ 70 milhões que, de acordo com Tapajós, serão investidos na modernização, capacitação da Semef e informatização das relações com o contribuinte, tudo com vistas ao aumento da receita municipal.
“Até o final desta gestão, a Semef estará classificada entre as cinco secretarias municipais de finanças mais eficientes do Brasil. Para isso o prefeito determinou alavancar as receitas e aumentar a satisfação com o contribuinte”, finalizou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email