https://www.jcam.com.br/IRINEU VITORINO.jpg
Nossa sociedade vive em diferentes tipos de organizações, pouquíssimos são os indivíduos que conseguem viver em isolamento total e sem nenhuma interação social

O que esperamos das organizações e dos seus gestores para o Natal?

Nossa sociedade vive em diferentes tipos de organizações, pouquíssimos são os indivíduos que conseguem viver em isolamento total e sem nenhuma interação social. Assim, necessitamos organizações viver em organizações e essas atendem aos mais diversos tipos de necessidades do ser humano.

A organização concentra em si os mais variados interesses, desde os dos acionistas, dos funcionários, do governo, das associações de classe, dos fornecedores até obviamente o dos clientes. Mas além desses não pode deixar de ficar atendo aos interesses da sociedade e do meio ambiente. Somente resultados satisfatórios para os grupos internos não são suficientes. Uma empresa de mineração não pode somente extrair seus minérios obter resultados fantásticos de produtividade, lucros excelentes, salários fantásticos e maltratar a natureza ao seu redor. Nesse exemplo vemos o quanto é importante para as organizações transpor suas ações para fora de seus limites internos. Uma organização não pode ser focada somente em interesses endógenos. Nós afetamos e somos afetados por todos as outras organizações, ou os outros sistemas.

Esse raciocínio serve tanto para as organizações do setor primário como para as do secundário e terciário, nenhuma escapa. Organizações Governamentais, não governamentais ou mesmo as do terceiro setor. Até mesmo ações mais distantes, geradas em outros países, afetam nossas organizações.

Para que as organizações consigam atingir da melhor maneira possível seus objetivos e suas interações sociais existe a figura do gestor que desempenha um papel de suma importância nesse processo. E é justamente para esses gestores, não importa onde eles estejam no planeta, que neste Natal pedimos que suas ações sejam o mais transparente possível, que contemplem benefícios para o máximo de indivíduos, que sejam honestas, maduras, assertivas, inclusivas, fraternas, com carinho e cuidado pela natureza e por todos à sua volta. E que tenham cada vez menos egoísmo, ilicitudes, preconceitos,
desatinos pois o papel do gestor não importa qual organização ele dirija é muito importante para a harmonia e o bem-estar social de todos no mundo. Em um cartão de Natal exposto em uma área social li a mensagem: nascemos nus sem nada, nenhum bem material, morremos e não levamos nada daquilo que conseguimos amealhar materialmente, mas brigamos e nos matamos por isso.

Então o pedido de Natal aos gestores vai nessa direção. Nossas organizações existem para que possamos ser mais humanos, mais sensíveis e seres humanos cada vez melhores e não para o contrário. Por isso papai Noel Gestor, nós do planeta terra gostaríamos de ganhar para este Natal um compromisso para 2018 com a humanidade, ao invés dos compromissos materiais, com o amor ao invés do ódio, com a fraternidade ao invés do egoísmo, com o bem-estar ao invés das mazelas, com tudo de bem. Que este Natal renove o nosso compromisso de seres humanos de servir a humanidade e que 2018 seja um ano de Paz, Amor e União entre todos nós. Que nossas organizações e que nossos gestores se lembrem sempre disso e que nossas orações, independente do credo clamem por isso.

Feliz Natal e Próspero Ano Novo a todo o Mundo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email