Renda média do trabalho aumentou no país, diz Ipea

A renda média do trabalho no Brasil cresceu 17,1% entre 2004 e 2008. Os rendimentos, no entanto, não apresentaram uma trajetória homogênea para todos os ocupados

A renda média do trabalho no Brasil cresceu 17,1% entre 2004 e 2008. Os rendimentos, no entanto, não apresentaram uma trajetória homogênea para todos os ocupados. De modo geral, trabalhadores com menores salários apresentaram um crescimento acima da média e os mais qualificados tiveram queda da renda.
Os dados constam no Comunicado do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) nº 49 A Evolução Recente dos Rendimentos do Trabalho e o Papel do Salário Mínimo, que será divulgado hoje, às 10h30, no auditório da entidade, em Brasília (DF).
O documento analisa o papel que o salário mínimo teve na evolução pró-pobre da renda do trabalho e traz um relato da evolução recente da renda proveniente do trabalho no país, para as diferentes ocupações no mercado de trabalho.
Na visão dos autores do estudo, é preciso aprofundar dois fenômenos que ocorreram no período avaliado e que contribuíram para a diminuição da desigualdade de renda do trabalho no Brasil: o aumento do salário mínimo e a queda dos rendimentos dos trabalhadores mais qualificados.
As principais informações utilizadas no Comunicado foram obtidas na PNDA (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), produzida pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os rendimentos estão em reais de setembro de 2008 e foram deflacionados pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email