3 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)
O aprendizado contínuo deve ser desenvolvido e buscado a cada processo, transformando a empresa em um local de crescimento profissional e intelectual.

Sendo o Brasil um país capitalista vive uma relação do trabalho onde os interesses entre capital (dono do meio de produção) e trabalho (proprietário da mão de obra) são conflitantes em sua essência. Para convivermos e buscarmos um certo equilíbrio com harmonia torna-se necessário inicialmente à compreensão das relações do trabalho como um fator crítico na obtenção de resultados satisfatórios consistentes e duradouros para assim criarmos alternativas concretas e não utópicas na busca de uma correção ou mesmo amenização deste fator crítico de relacionamento. A gestão de Recursos Humanos é um valioso recurso e alternativa prática para avaliar e acompanhar os resultados organizacionais focando as ações dos envolvidos sobre os processos existentes.
A necessidade de respostas e ações imediatas nos processos atuais e seus desvios têm criado dificuldades e transtornos para os gestores e conseqüentemente somente soluções de tratamento do mal têm sido feitas. Isto nos custa caro e nos deixa claro que, para a solução definitiva dos problemas, quase sempre, não há tempo suficiente para fazer. Apenas dar um jeito não é o mais ideal e suficiente, precisamos criar uma nova cultura organizacional em relação à prevenção em substituição ao tratamento. Assim estaremos contribuindo para o crescimento real da organização de modo sólido e duradouro, sem grandes conflitos de interesse entre as partes envolvidas.
A consciência sobre a relação do trabalho, suas particularidades e seus conflitos devem iniciar pelos gestores/líderes para poder passar pelos processos e ser entendida pelos demais liderados envolvidos. O aprendizado contínuo deve ser desenvolvido e buscado a cada processo, transformando a empresa em um local de crescimento profissional e intelectual, dando oportunidades e maior segurança aos profissionais envolvidos na organização baseada em processos. Capacitar o funcionário faz com que se assuma responsabilidade e se crie tranqüilidade no desempenho das funções, devido conhecerem do modo devido como executar suas tarefas nos processos.
É indiscutível que o domínio através da capacitação da função desenvolvida pelo profissional trás para a organização maiores contribuições no processo atual e em processos futuros, pois este consegue participar com idéias que servirão para a prevenção de problemas devido sua convivência, na prática, dentro dos processos. Neste contexto a gestão de RH da empresa deve ser decisiva na participação e intervenção nos processos, inclusive os críticos, pois, administrar pessoas e processos é o grande desafio atual.
Os propósitos da gestão de RH devem ser claros além de oferecer maior segurança aos profissionais, adequar a mão de obra em atividades onde se agrega mais valor, criar uma força de trabalho com habilidades múltiplas, capacitar os envolvidos nos processos a assumirem responsabilidade, criar critérios de avaliações diversas e também, criar condições motivacionais, técnicas e gerenciais para a preparação de todos nos diversos projetos existentes e assim destacar sua participação em todos os momentos dos processos como necessária à busca do melhor resultado.
Certamente, muito precisa ser feito para melhorarmos e chegarmos num ponto ideal nas relações de trabalho, mas o primeiro passo é a conscientização que o bom exemplo deve iniciar pelo gestor/líder. A gestão de RH possui um papel fundamental neste processo de conscientização/sensibilização e sucesso desta relação, pois não pode mais ser apenas o departamento pessoal ou mesmo o setor de treinamento, deve estar inteiramente envolvido em todos os projetos atuais e futuros, buscando conciliar os processos aos profissionais e as habilidades dos profissionais aos processos, sem contar com a necessidade básica de contratar, integrar, treinar e avaliar os envolvidos antes de iniciar o processo.
Em seu início e desenvolvimento deve integrar, treinar e avaliar os envolvidos para após os processos e projetos realizados ficar mais fácil aproveitar as habil

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email