Regularização fundiária é preocupação de Walzenir

A falta da regularização fundiária e a conseqüente entrega do título definitivo da propriedade rural é um problema histórico no Amazonas, o que impede os proprietários rurais de obterem financiamentos para aumentar seus investimentos, que, sem dúvida, melhorariam o orçamento destes rurícolas com benefícios para o próprio Estado.
Este problema preocupa o presidente da Comissão de Desenvolvimento do Interior, Agropecuária, Pesca e Abastecimento da Assembléia Legislativa, deputado Walzenir Falcão (PTB), que nesta quinta-feira, ao apresentar relatório de suas andanças pelo interior e as demandas a ele apresentadas pelas comunidades visitadas, apelou ao Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) e Instituto de Terras do Amazonas para a realização de uma ação que possa reverter o quadro.
Enquanto a situação se arrasta ao longo dos anos sem solução, os proprietários rurais e, por conseqüência o Amazonas, continuam acumulando prejuízos em suas receitas orçamentárias, observou o presidente da CDIAPA, considerando que o problema exige mais atenção por parte dos governos federal e estadual.

Gelo e luz

Os pescadores da região da Foz do Canumã, no município de Borba, e do município de Nova Olinda do Norte estão sendo obrigados a pagar até 100% do valor praticado na venda da tonelada de gelo. Isto porque as fábricas de gelo de Nova Olinda e a da Foz do Canumã estão paralisadas, obrigando os pescadores se deslocarem a Itacoativa para comprar o gelo, porque sem esse produto não lhes é possível trabalhar.
O fato foi relatado por Walzenir Falcão. Ele fez um apelo aos prefeitos dos dois municípios, no sentido de que tomem providências para que as fábricas de gelo voltem a funcionar, uma vez que são administradas pelas prefeituras.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email