O porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, classificou como “especulação” a ida do ministro Aloizio Mercadante (Educação) para a Casa Civil, no lugar de Gleisi Hoffmann. Ele evitou negar, entretanto, reportagem da Folha de S.Paulo de ontem, que confirmou o convite feito pela presidente Dilma Rousseff ao ministro, que já teria, inclusive, iniciado a transição na pasta.
Dilma se reuniu ontem durante toda a tarde com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para discutir mudanças na reforma ministerial.
Além de Lula, participaram da reunião o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e o ex-ministro Franklin Martins (Comunicação Social).
“A presidenta Dilma recebeu hoje (ontem) o ex-presidente Lula para a primeira reunião neste ano. Como sempre, discutiram sobre conjuntura, Copa e educação. Normal, padrão regular”, informou o porta-voz.
Questionado se o Palácio do Planalto nega a substituição na Casa Civil, Traumann disse: “É só especulação. Todas as confirmações só serão feitas após o retorno da presidente Dilma da Europa e de Cuba”.
Dilma viaja nesta quarta-feira para a Suíça, onde participa do Fórum Econômico Mundial. Depois, segue para Havana, em Cuba, para encontro com o presidente Raúl Castro e para o encontro da Celac (Cúpula dos Estados Latinoamericanos e Caribenhos). O retorno é previsto apenas para o meio da semana que vem
Servidores da Casa Civil já começaram a providenciar hoje a transição de Aloizio Mercadante para a pasta. Segundo interlocutores do ministério, foi arranjada uma sala à disposição do ministro, hoje titular da Educação, para articular a transferência de comando.
Conforme relatos, a presidente Dilma teria formalizado o convite a Mercadante no fim de semana. Atual titular do cargo, Gleisi Hoffmann retorna das férias na semana que vem, quando a troca de cargos deve ser efetivada.
A ministra deve reassumir sua vaga no Senado e dividir as atividades com a campanha. Em dezembro, Gleisi afirmou que pretendia deixar a Casa Civil em janeiro para se dedicar ao pleito, mas que a saída dependia da presidente.
Hoffmann deixará o cargo para preparar sua candidatura ao governo do Paraná pelo PT. Pela legislação, ministros que vão disputar as eleições de outubro precisam deixar a Esplanada dos Ministérios até o início de abril

Reunião
No encontro com Lula, no Palácio do Alvorada, estiveram presentes o ministro da Educação, Aloízio Mercadante, e com o ex-ministro das Comunicações, Franklin Martins. A reunião durou cerca de cinco horas. Na Suíça, a presidenta participa do Fórum Econômico Mundial nos próximos dias 23 e 24 de janeiro, quinta e sexta-feiras. A partida para Cuba está prevista para os dias 25, sábado, ou 26, domingo, com previsão de compromissos nos dias 27 ou 28.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email