REFORMA MINISTERIAL – Mercadante afirma que ‘é possível’ assumir o Ministério da Educação

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, disse na última quinta-feira (5) que “é possível” que venha a se tornar o novo ministro da Educação, em substituição a Fernando Haddad.
Haddad deverá deixar o governo no início deste ano para disputar a eleição para prefeito de São Paulo pelo PT.
“Eu tenho visto todas essas informações na imprensa, mas vamos aguardar a reforma ministerial. Eu prometo a você que, se isso acontecer -e é possível que aconteça-, eu estarei aqui à disposição e nós poderemos discutir a pasta da Educação”, afirmou Mercadante no programa “Bom Dia Ministro”, produzido em parceria entre a EBC (Empresa Brasileira de Comunicação) e a Secretaria de Comunicação da Presidência da República.
Mercadante disse que só pretende abordar o assunto depois que estiver oficializado. “Essa coisa (nomeação para o Ministério da Educação) só vale depois que estiver no ‘Diário Oficial’. Quem indica ministro é a presidente da República”, afirmou.
Durante a entrevista, Mercadante elogiou o trabalho de Haddad, especialmente na gestão do ProUni (Programa Universidade para Todos). Ele disse que há “muita sinergia” entre educação e ciência e tecnologia e que para avançar neste dois setores é preciso “investir na educação básica, desde a educação infantil, dar qualidade ao ensino, formar os professores e motivar os alunos”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email