Recomendações práticas para aumento de produtividade e satisfação no ambiente trabalho

Quando falamos de recursos humanos – pessoas, o que as empresas buscam? Em resumo “bem resumido”, pessoas produtivas e satisfeitas. As diversas práticas e técnicas de motivação de funcionários por parte da empresa, é claro, não podem ser deixadas de lado. No entanto, um colaborador que busca apenas incentivos externos pode não se sentir tão satisfeito quanto os que buscam inspiração e desafios em si mesmos.

Por meio da automotivação, um trabalho pode tornar-se mais agradável e as tarefas cotidianas mais interessantes e desafiadoras, levando o funcionário a encarar o ambiente empresarial de maneira mais suave – o que, consequentemente, acaba aumentando sua produtividade, já que a realização de projetos passa a ser vista como algo mais ligado ao prazer e menos conectado com a obrigação.

Fica claro que, para manter-se motivado neste sentido – além dos incentivos vindos por parte do setor de recursos humanos de uma empresa (que, aliás, também podem se beneficiar com as técnicas de automotivação) – é o próprio funcionário quem deve buscar a melhor maneira de se auto incentivar e, para isso, técnicas simples e básicas podem ser de grande ajuda.

Dicas valiosas para a automotivação

Soa estranho que fazer amizades pode ser uma ferramenta para automotivação? Mas como seres relacionáveis, termos amizades no ambiente de trabalho pode ser o primeiro passo para a automotivação, já que, contando com a presença de rostos familiares, agradáveis e amigos, fica muito mais fácil enfrentar dias puxados de tarefas.

Lembrar-se das coisas agradáveis feitas ao longo do fim de semana (ao invés de pensar em como será desgastante a volta para o trabalho na segunda-feira) é outra boa técnica para manter-se motivado, assim como lembrar que o que foi feito no final de semana é decorrente do trabalho que você tem. Escolher novos trajetos e novas músicas no caminho para o serviço, quebrando um pouco da rotina – que, na maioria das vezes, é associada a dificuldades e ao estresse enfrentados na empresa – também são pontos importantes.

Evitar o pessimismo e as lamentações ao longo do dia é outra dica valiosa, e tomar a iniciativa em realizar trabalhos desafiadores (deixando de esperar que apenas a empresa lhe traga tarefas) pode ser de extrema importância para que um colaborador se mantenha motivado, já que a produtividade e a vontade de trabalhar aumentam conforme o desejo e o interesse em realizar determinadas tarefas.

Solucionar problemas com que tenha familiaridade por iniciativa própria também entra na lista de práticas auto motivadoras e, além de trazerem satisfação ao funcionário, agregam um diferencial ao perfil do colaborador – o que pode se traduzir em ainda mais motivação e benefícios por parte da empresa.

Que tal já colocarmos isso em prática, utilizando desse feriado que passamos ontem? Dá para usá-lo como fator para sua automotivação. Vamos lá?

Fiquem com Deus! 

Excelente semana!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email