Recofarma comemora seus 25 anos no PIM

Detentora do principal produto na pauta de exportação do Polo Industrial de Manaus, a Recofarma Indústria do Amazonas fez uma pausa na produção de concentrados, nesta segunda-feira (29), para comemorar seus 25 anos de existência, com direito à presença na fábrica de representantes de outros segmentos da indústria amazonense. O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), em exercício, Nelson Azevedo, destacou a importância da empresa para a economia local.
“Graças a um investimento pioneiro na produção de concentrados de bebidas do grupo Coca-Cola Brasil em Manaus, o nosso Estado é o maior produtor e exportador de concentrados e xaropes para refrigerantes do País”, disse Azevedo, destacando que a iniciativa da Recofarma em implantar a fábrica no PIM foi decisiva para a consolidação do Polo de Concentrados de Manaus.
“O novo negócio de concentrados trazido pela Recofarma oportunizou a diversificação das atividades do parque industrial local, contribuindo para a geração de emprego e renda, e de receita para o Amazonas”, ressaltou Azevedo.
A Recofarma faz parte da The Coca-Cola Company e é uma das indústrias de referência no PIM não só pelas atividades fabris, mas também pela contribuição com a geração de emprego, renda e sustentabilidade para a população do interior do Amazonas. A empresa foi a primeira do Estado a obter a certificação LEED (Selo Fábrica Verde) na categoria Verde, e, pela sétima vez, está entre as Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil, segundo a pesquisa GPTW.
“Começamos aqui com uma pequena fábrica que empregava 60 pessoas e hoje, nosso negócio impacta o Amazonas de maneira significativa, gerando renda para mais de 11 mil famílias que atuam na cadeia de valor que envolve fornecimento de produtos, serviços e matéria-prima”, explicou o diretor de Operações para as Fábricas de Concentrados na América Latina, Jório Veiga.
A fábrica voltou a ser homenageada pela FIEAM por ter sido, pelo quarto ano consecutivo, a maior exportadora do Estado. O reconhecimento foi anunciado em maio, no evento Industrial do Ano, quando a Recofarma recebeu diploma de maior exportadora do Amazonas, com US$ 246 milhões em negócios para fora do Estado conforme registro do Centro Internacional de Negócios (CIN) em 2014.
Os produtos fabricados pela Recofarma incluem mais de 197 fórmulas destinadas ao mercado brasileiro e exterior, atendendo a demanda de concentrados de bebidas da Coca-Cola também na Colômbia, Paraguai e Venezuela.
A empresa é responsável por abastecer todas as fábricas do Sistema Coca-Cola Brasil. O país representa o quarto maior mercado da Coca-Cola no mundo. Segundo o gerente industrial da Recofarma, Antônio Carlos Pereira, a perspectiva de produção para este ano é manter as atividades, sabendo que a demanda por concentrados no Brasil e Venezuela devem ser neutras, enquanto na Colômbia e Paraguai devem crescer.
“Estamos prevendo a produção de 17,5 milhões de variadas embalagens de concentrados, o que não vai representar queda em nossas vendas. A crise é passageira e a Coca-Cola aposta no crescimento do Brasil. Temos certeza de que em 2016 o país vai voltar a crescer, assim como a Coca-Cola, os negócios e sua cadeia produtiva, contribuindo para o crescimento do Amazonas”, declarou Antônio Carlos.
Para o presidente do Conselho do Grupo Simões, Renato Simões, as atividades da Recofarma são amplas na agregação de benefícios para a população amazonense, pois além de gerar renda na capital e no interior do Amazonas também incentiva programas socioambientais e culturais, com a ação do Coletivo Coca-Cola e o patrocínio do Festival de Parintins que já dura 21 anos.
“Ajudar as famílias amazonenses e trabalhar com foco na sustentabilidade da floresta e do povo que vive nela fazem da Recofarma uma empresa diferenciada, motivo de orgulho para nós e que serve de espelho para as demais indústrias do PIM. É preciso que a indústria tenha consciência de deixar uma contribuição ao Amazonas, trazendo um pouco mais de qualidade de vida à população da capital e do interior, e isso a Recofarma faz muito bem”, declarou Renato Simões.
Estavam presentes nas comemorações dos 25 anos da Recofarma, o vice-governador do Estado, Henrique Oliveira, o presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas, Wilson Périco, o conselheiro fiscal da FIEAM, Moyses Israel, os vice-presidentes de Relações Coorporativas da Coca-Cola Brasil, Cláudia Lorenzo e Victor Bicca Neto, e convidados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email