Receita Federal lança aplicativo de agendamento para atendimento presencial

Já está disponível para download gratuito nas lojas Google Play e Apple Store o aplicativo Agendamento da Receita Federal. O cidadão que quer solicitar um serviço no atendimento presencial da Receita Federal precisa agendar um horário e poderá fazer o agendamento pelo aplicativo.

Com o aplicativo de agendamento, é possível selecionar o serviço desejado e escolher a unidade mais próxima que atende o serviço desejado. A marcação da data e do horário é feita de forma simples: não é necessário fazer cadastro, basta informar o CPF ou CNPJ. Antes o contribuinte escolhia a unidade de atendimento sem saber se ela oferecia o serviço que precisava, causando transtorno ao cidadão e aumento das filas no atendimento, o aplicativo de agendamento é uma solução para esses casos.

No atendimento presencial da Receita Federal você pode:

  • Inscrever e atualizar dados cadastrais de pessoa física;
  • Obter cópia de Declaração de Imposto de Renda (DIRPF) e rendimentos informados em DIRF;
  • Consultar dívidas e pendências de pessoa física e de MEI;
  • Parcelar débitos que não possam ser parcelados pela internet;
  • Emitir documentos de arrecadação que não possam ser emitidos pela internet; e 
  • Entregar documentos, requerimentos, defesas e recursos que não possam ser apresentados pela internet.

Mais informações sobre o atendimento da Receita Federal pelo link 

https://cutt.ly/1bM7j3P

Título de Eleitor – Atendimento remoto pelo TítuloNet

Agora você poderá requerer pelo site do TSE a primeira via do título eleitoral (alistamento), mudança de município (transferência), alteração de dados pessoais, alteração de local de votação por justificada necessidade de facilitação de mobilidade ou revisão para a regularização de inscrição cancelada. Para realizar esses procedimentos e ter mais informações basta acessar https://cutt.ly/TbM7Mj6 

Campanha municipal “Não faça o rio de lixeira”

De acordo com a Semulsp (Secretaria Municipal de Limpeza Urbana de Manaus), as 600 toneladas de resíduos foram retirados na primeira quinzena do mês de maio, quando houve um aumento desse material por conta das chuvas e da subida das águas do Rio Negro.

A secretaria informa que a modalidade de limpeza dos igarapés e orla da cidade retira em média 27 toneladas de lixo, por dia, a um custo de R$ 1 milhão por mês aos cofres públicos.

O lixo é jogado pela população. Muitos jogam sacolas de lixo direto nos igarapés, que desaguam no Rio Negro. O lixo descartado nas ruas também contribui para a poluição dos cursos d’água e tem como destino final o rio.

Prefeitura de Manaus iniciou uma campanha para tentar conscientizar a população a não jogar lixo nos igarapés. Com o mote “Não faça o rio de lixeira”, a campanha tenta mostrar que o lixo retirado do rio é resultado do tratamento dado aos resíduos pelos próprios moradores da cidade.

Você sabia que a sonegação de impostos no Brasil é superior a R$ 500 bilhões por ano, segundo estimativa do Sonegômetro (http://www.quantocustaobrasil.com.br/)  do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz). Esse valor sonegado poderia ser investido em serviços públicos com saúde, educação e segurança ou na construção de 263 mil escolas ou 2 milhões de creches ou 8 mil hospitais ou 5 milhões de casas populares.

Conheçam os ganhadores do sorteio da Nota Fiscal Amazonense 

O sorteio ocorreu no dia 12/05/2021 e o prêmio de R$ 20 mil saiu para Mitsuyoshi Nishi de Carvalho, que indicou o Abrigo Infantil Monte Salém para receber R$ 8 mil. As instituições sociais são indicadas no ato de inscrição dos contribuintes, que precisam se cadastrar no site da campanha para concorrer.

Seguindo a lista dos contemplados, Amanda Mota Soares ganhou um dos dois prêmios de R$ 10 mil, tendo indicado a Associação Amigos dos Autistas do Amazonas (AMA) para receber R$ 4 mil. Aly Nasser Abrahim Filho, outro sorteado, ganhou R$ 10 mil, indicou o Lar das Marias para receber R$ 4 mil.

Na lista dos felizardos que venceram os prêmios de R$ 5 mil estão: James Lopes de Oliveira/APAE Tabatinga; Cristina Maria Costa Magalhães/Abrigo Moacyr Alves; Vítor Freire da Costa/Casa Vhida; Sidney Ohana Tufy/Associação Espírita e Beneficente Jésus Gonçalves; Wellington de Queiroz Melo/Casa Vidha; Paula Ruth Barros Pessoa/Associação Amigos dos Autistas do Amazonas (AMA); e Beatriz Barroso Hidalgo/Pró-Menor Dom Bosco.

Cidadania não é atitude passiva, mas ação permanente em favor da comunidade.

Tancredo Neves (1910-1985)

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email