29 de junho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Receita aperta fiscalização ao Imposto de Renda de 2008

A Receita Federal aumentou a fiscalização do Imposto de Renda, por meio de filtros eletrônicos, para detectar mais erros nas declarações deste ano.

A Receita Federal aumentou a fiscalização do Imposto de Renda, por meio de filtros eletrônicos, para detectar mais erros nas declarações deste ano. Joaquim Adir, supervisor nacional do IR, confirmou o aperto na fiscalização e disse que o objetivo é que o número de contribuintes retidos na malha fina seja menor do que o registrado nos anos anteriores.
No entanto, para que a malha fina diminua, é preciso que o contribuinte cheque a situação da declaração no site da Receita (em www.receita.fazenda.gov.br, clique no ícone “IRPF – Consulta declarações entregues e restituição” no centro da página e, em seguida, “Extrato simplificado do processamento”) e corrija os erros encontrados pelo fisco.
“Muitos entregam o documento e acham que a tarefa está cumprida. Quando chega perto de dezembro, vêem que ainda não receberam a restituição e só aí procuram saber o que aconteceu. Se fizessem isso antes, logo quando a Receita libera a consulta, não haveria tanta gente na malha fina”, afirma Juliana Ono, da consultoria Fisco Soft.
O erro mais comum cometido pelos contribuintes está relacionado a informações de rendimentos tributáveis. “Todas as rendas de pessoas físicas ou jurídicas devem ser informadas, mesmo que não haja imposto retido na fonte”, diz Valdir Amorim, consultor tributário da consultoria IOB.
Os valores também devem estar corretos. O contribuinte deve tomar cuidado com os pontos e as vírgulas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email