Quiosques podem ser mais vantajosos

A concorrência por espaços dentro de shoppings e galerias levou algumas franquias a criar opções para ocupar os corredores destes centros comerciais. Por serem menores e não demandarem obras de adequação, a economia na abertura de um quiosque pode chegar a um terço do valor de uma loja.
Algumas marcas pedem investimento abaixo dos R$ 100 mil. Quiosques da Cacau Show (chocolates), Flavored Popcorn (pipocas) e Nutty Bavarian (nozes e castanhas adocicadas), por exemplo, custam a partir de R$ 60 mil, R$ 66 mil e R$ 80 mil, respectivamente.
Outras franquias, no entanto, ultrapassam os R$ 200 mil. São os casos da Contém 1g (cosméticos e perfumes) e da Chopp Time (cervejas). O investimento inicial é a partir de R$ 235 mil e R$ 240 mil, respectivamente.
Segundo Cláudia Bittencourt, diretora geral e consultora em franchising do Grupo Bittencourt, os quiosques são mais indicados para empreendedores com pouco capital para investir e franqueados que desejam um segundo ponto de venda próximo à sua loja.
Mas é preciso cuidado. A consultora afirma que é comum quiosques pagarem mais caro pelo metro quadrado dentro de shoppings devido ao grande fluxo de pessoas nos corredores. Em alguns casos, o valor pode ser até três vezes maior do que o cobrado das lojas.
“A parte mais importante a ser analisada pelo franqueado de um quiosque é a rentabilidade do negócio e em quanto tempo ele terá o investimento de volta. Ele não deve se iludir com o baixo custo inicial”, declara.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email