Quiosque é alternativa viável

Os famosos quiosques são hoje responsáveis por considerável crescimento no setor de franquias no país. Recente pesquisa da Rizzo Franchise apontou que mais de 40% são do ramo alimentação

Os famosos quiosques são hoje responsáveis por considerável crescimento no setor de franquias no país. Recente pesquisa da Rizzo Franchise apontou que mais de 40% são do ramo alimentação. “Esse é um sistema que vem ganhando mercado em grandes e pequenos shoppings e atualmente são 43 que já atuam nesse modelo de negócio”, informou Marcus Rizzo, sócio da empresa que há mais de 20 anos realiza pesquisas sobre o franchising em toda a América Latina.
O levantamento da Rizzo Franchise mostrou que em segundo lugar, estão as franquias do setor de acessórios pessoais, que representam 14% do total dos quiosques, e em terceiro lugar está o de Saúde & Beleza, com 13%. Segundo Rizzo, boa parte dessas franquias funciona como uma extensão da loja, mas existem negócios que já nascem como quiosques, ou seja, não são considerados um novo modelo de franquia de uma marca que já possui lojas.
Para o diretor-executivo da ABF (Associação Brasileira de Franchising) , Ricardo Camargo, essa adesão ao modelo de quiosques é devido a uma forma econômica para quem não tem dinheiro em caixa necessário para investir em uma loja. “Porém, é necessário cautela, pois dependendo da marca muitas vezes acaba saindo mais caro do que uma loja”, alerta.
Além disso, ele destaca que é necessário levar em conta o local onde o quiosque ficará instalado. “Tem que ser um ponto onde haja um grande movimento de pessoas porque assim terá grande visibilidade”, disse Camargo, que informa que Manaus representa hoje o segundo maior polo de desenvolvimento de franquias da região Norte, perdendo apenas para Belém.
Já que o alto custo dos imóveis registrado em praticamente todas as regiões do país inibiu a abertura de novos pontos de venda, o aluguel de espaço para quiosque aparece como uma alternativa para investimento, por conta de o espaço ser menor. Outro motivo que contribui é a necessidade de menos funcionários. “Esse é um modelo que vingou nos shoppings de todo o mundo, no país começou como uma brincadeira e acabou dando certo, tanto é que muitos shoppings alargam seus corredores por conta dos quiosques”, acrescenta Camargo.

Marcas que investiram na proposta

Um exemplo é a Showcolate, franquia de fondue de frutas com chocolate, que nasceu com esse modelo de venda express e ganhou muito mercado nos últimos anos, atualmente a marca já possui 45 quiosques e espera um crescimento de 30% até o final do ano, tanto em número de lojas, quanto em faturamento. O investimento total para ser um franqueado da Showcolate é de R$ 89 mil, incluindo já a Taxa de Franquia e o faturamento médio de um quiosque é de R$ 30 mil mensais, com uma lucratividade considerada uma das mais altas do mercado – pode chegar até 30% para o franqueado.
Já o crescimento do número de unidades menores de franquias que possuem lojas e criam outros modelos para atender um número maior de consumidores também é cada vez maior. Um exemplo é o Grupo de Unidades Móveis das franquias Click Sushi (gastronomia japonesa de temakis, sushis e sashimis), Tostare Café (cafeteria com lanches e opções saudáveis) e Mini Chefs (escolinha de culinária para crianças). São carros adaptados com os equipamentos necessários para fornecer produtos e serviços em condomínios, eventos, empresas, universidades, escolas e locais com grande concentração de público, que são abastecidas pelas lojas de franqueados já existentes.
Igualmente com baixo investimento (cerca de R$ 30 mil fora o veículo), proporcionam aos franqueados faturamentos que podem chegar a R$ 25 mil mensais, com lucro líquido de até 25%. Estes modelos de franquias foram lançados em março deste ano e já possuem nove franqueados. As operações foram projetadas para que, em apenas um dia de bom movimento nas vendas, os franqueados já consigam pagar a parcela mensal de um financiamento do veículo, ou seja, cerca de R$ 800.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email