Queda nos gastos de TI em 2009 será maior que no pós-bolha

Os gastos globais com TI deverão cair 4% durante 2009 em relação ao ano anterior, o que representará perdas maiores ao setor que o período pós-bolha, segundo projeção divulgada pelo Gartner nesta semana.
“A desaceleração do mercado de TI será pior que em 2001”, afirmou Richard Gordon, vice-presidente de previsões globais do Gartner.
O Gartner afirmou que os gastos globais com TI atingirão 3,2 trilhões de dólares em 2009, queda de 3,8% em relação aos 3,3 trilhões de dólares gastos em 2008, quando o setor aumentou 6,1% em relação a 2007.
A consultoria diminuiu sua previsão de gastos em todos os segmentos, atribuindo os cortes nos gastos tecnológicos à recessão econômica. Em 2001, os gastos com TI retraíram 2,1%, segundo o Gartner.
O hardware sentirá uma queda de quase 15% já que menos companhias investirão em 2009, resultando em gastos de 324,3 bilhões de dólares, contra 381 bilhões de dólares gastos em 2008.
No setor de telecom, a consultoria espera uma queda de quase 3%, com investimentos esperados de 1,9 trilhão de dólares.
Mesmo com a promessa do governo norte-americano de um pacote de estímulo no longo prazo, Gordon explica, as empresas não conseguirão ignorar “a previsão pessimista em curto prazo”.
“Mercado financeiros globais ainda precisam se estabilizar e isso significa que compradores de TI não estão confiantes onde gastar seus dólares.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email