Qualificação em alta no PIM

O segmento industrial agora conta com apoio para a aplicação das mais modernas técnicas de medição de peças. O Centro de Metrologia Senai-Mitutoyo, será inaugurado hoje, fruto de uma parceria entre o Senai Amazonas (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e a empresa Mitutoyo Sul Americana Ltda. O laboratório será utilizado para a capacitação profissional e para suporte e prestação de serviços às empresas do PIM (Polo Industrial de Manaus). O centro funcionará na Escola Senai Waldemiro Lustoza localizada na avenida Carvalho Leal, 555, Cachoeirinha, zona Sul.

O representante da Mitutoyo, Mauro Silva, explica que a metrologia é uma atividade essencial para o bom funcionamento da atividade industrial porque por meio das técnicas de medição é possível verificar se as peças fabricadas atendem às especificações dos desenhos técnicos, procedimento que tem a missão de impedir a conclusão de produtos desconformes aos parâmetros de qualidade. Ele afirma que a estrutura disponibilizada por meio da parceria permitirá a capacitação de novos profissionais e também a geração das mais modernas técnicas de medição para o atendimento aos processos fabris das indústrias do polo industrial.

“O centro contribuirá com a geração de técnicas modernas de medição para garantir o processo produtivo e a intercambialidade das peças. Uma peça fabricada em outro país e uma fabricada no Brasil devem atender às mesmas especificações técnicas, medições, e a metrologia garante isso”, disse.
De acordo com Silva, a demanda é crescente tanto para a capacitação profissional como para o suporte à indústria. Ele enfatiza que as empresas do PIM poderão utilizar a estrutura e os equipamentos para realizar testes de medição, treinamentos, e dessa forma ter acesso às técnicas mais avançadas disponíveis no mercado.

“Manaus já é um polo de referência no segmento da metrologia. Estamos trabalhando com o intuito de melhorar essa classificação ainda mais e também de garantir o alto desempenho industrial.
Uma peça fabricada fora das especificações técnicas representa mais custo à empresa porque precisará ser remanufaturada. Será preciso interromper o funcionamento da linha de produção porque o produto veio errado. É preciso garantir que o produto fabricado chegue à última etapa do processo dentro dos parâmetros especificados”, explicou.

O laboratório conta com seis equipamentos e diversos instrumentos como por exemplo: máquina de medição por coordenadas 3D, micrômetros externos, paquímetros digitais e analógicos, durômetros, medidores de circularidade, entre outros.

Segundo o instrutor do Senai, Luiz Cláudio da Silva Feijó, o laboratório metrológico está equipado para treinamento em metrologia dimensional e ensaios mecânicos por meio de métodos e equipamentos sofisticados e, inclusive, com máquina para medir por meio de coordenadas em 3D, com alta precisão.
Na avaliação do diretor regional do Senai Amazonas, Rogério Pereira, em decorrência da alta competitividade comercial as empresas precisam ter maior cuidado e atenção em relação ao processo de medição para atender aos critérios técnicos e obter produtos de boa qualidade no processo final. Ele acredita que as empresas deverão investir em recursos como humanos, materiais e financeiros para incorporar e harmonizar as funções básicas da competitividade: normalização, metrologia e avaliação de conformidade.

Para o vice-presidente do Sindicato da Indústria de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Estado do Amazonas, Celso Piacentini, a união entre a Mitutoyo e o Senai resulta em uma excelente parceria que oferece as melhores condições estruturais e técnicas para o atendimento às demandas metrológicas. Ele acredita que o centro poderá contribuir, ainda, com o serviço de aferição dos equipamentos existentes nas indústrias.

“É uma união fantástica e primordial. A Mitutoyo é uma empresa ‘de ponta’ em equipamento de medição. Enquanto o Senai é uma escola equipada em ato nível.
Com certeza eles teriam a condição de fazer trabalhos de aferição dos equipamentos nas indústrias. O centro vai beneficiar a todas as empresas que precisam ter acesso à metrologia”, disse.
O centro será inaugurado hoje às 9h na sede da Escola Senai Waldemiro Lustoza, localizada na avenida Carvalho Leal, 555, Cachoeirinha.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email