Qualidade do produto tem início na lavoura

O consumo de café no Brasil foi da ordem de 16,9 milhões de sacas, entre maio de 2006 e abril de 2007. Segundo a Abic (Associação Brasileira da Indústria do Café), isso representou um aumento de 5,81% em relação ao mesmo período anteriormente analisado.
Isso demonstra a necessidade de o produtor investir em tecnologias para garantir um café de qualidade. Para isso a Serquímico apresenta o Tecsa-Clor, dióxido de cloro usado com responsabilidade.
O agricultor pode contar com o Tecsa-Clor para realizar o tratamento de sua cultura de maneira eficiente e ambientalmente responsável. Devido à sua formulação, ele não é residual, não é oxidante e também não é tóxico.
Essas qualidades é que fazem com que ele seja usado, também, na indústria alimentícia, como coadjuvante tecnológico, bem como seja considerado um produto adequado para a agricultura orgânica.
Indicado para ser utilizado dentro dos estabelecimentos agrícolas, a versatilidade é um outro fator diferencial. O produtor pode utilizar o Tecsa-Clor desde o preparo para o plantio até o tratamento pós-colheita. No caso específico do café, isso significa que sua indicação se dá para a lavagem do grão pós-colheita, no tratamento do café em terreiro, principalmente, no caso dele estar chuvado.
Além disso, a água dos estabelecimentos agrícolas, quando tratada com o Tecsa-Clor apresenta uma grande melhora de qualidade, no que diz respeito à presença de fungos e bactérias.
A relação custo/benefício dos produtos utilizados em um estabelecimento agrícola é de fundamental importância, uma vez que isso vai refletir nos preços finais dos produtos por ela comercializados. Dentro da cultura do café, isso se torna uma vantagem na hora de o agricultor optar em utilizar o Tecsa-Clor. Seguindo as recomendações corretamente, é necessário pouco dióxido de cloro em solução aquosa para a obtenção de ótimos resultados.

Café leiloado

O leilão de café, promovido na última semana pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, vendeu 93,8%, ou 37.504 sacas de 60 quilos, do total de 40 mil ofertadas pelo sistema de pregão eletrônico do Banco do Brasil.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email