Qual a garantia para produtos comprados no exterior?

Com as férias de Julho muitos consumidores aproveitam para comprar produtos por preços menores em outros países. No entanto, a oferta pode sair um pouco mais cara caso o item apresente algum defeito de fabricação. Um produto fabricado fora do Brasil pode estar de fora das normas técnicas brasileiras, o que pode dificultar caso o consumidor queira reclamar por algum vício apresentado.

Os eletrônicos são os queridinhos dos brasileiros e estão sempre na lista de compras do exterior. Fabricantes de smartphones como a Apple, fornece garantia no Brasil somente para os produtos homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL). Já no caso dos videogames, um dos itens mais procurados, os fabricantes não asseguram a garantia no Brasil caso o produto seja obtido em outro país.

Segundo o advogado especialista em direitos do consumidor e do fornecedor, Dr. Dori Boucault, a empresa que tiver representação no Brasil deve prestar a assistência necessária ao consumidor. “Antes de comprar o produto em outro país, o consumidor deve se certificar de que a empresa escolhida tem um representante no país, assim ele poderá reclamar diretamente”, orienta Boucault. Já no caso das empresas que não possuem representação, o especialista informa o consumidor a entrar em contato diretamente com o fabricante.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email