PSOL envia documentos para aprovar contas:2006

O PSOL apresentou ontem ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) documentos exigidos pela Corte para aprovar as contas do partido, referentes ao exercício 2006.
Os documentos foram solicitados no dia 17 de agosto do ano passado pelo ministro Cezar Peluso, que na ocasião deu prazo de 20 (vinte) dias para que o PSOL cumprisse as exigências.
Na decisão, o ministro advertiu que “o não cumprimento do determinado poderá ensejar a rejeição das contas do partido relativas ao exercício de 2006”.
Se as contas do PSOL forem rejeitadas, o TSE pode suspender o repasse do fundo partidário por 12 meses. Segundo o tribunal, atualmente o PSOL recebe cerca de R$ 141 mil do fundo partidário.
As informações prestadas pelo partido serão encaminhadas para análise de técnicos do TSE que, em seguida, emitirão novo parecer técnico, que será encaminhado ao ministro Cezar Peluso.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email